Arquivo mensais:novembro 2010

Visitas frequentes ao banheiro e insônia

Por: Mayra A.

Parece que, no final da gravidez, o nosso corpo já vai se preparando para acordar várias vezes pra cuidar do bebê…

Todas as noites, quando estou grávida, acordo pra ir ao baneiro. Torço para que isso aconteça até as 3 da manhã, porque daí com certeza caio dormindo de volta. Quando isso acontece perto da hora de acordar, perto das 5 ou 6 da manhã, o negócio complica. Difícil dormir de novo.

Estou com um hábito, nada agradável, de acordar as 5 da manhã e não dormir mais. Bom, já são 31 semanas… A barriga está grande e fica mais difícil achar uma boa posição. Aliás, eu, que sempre dormi de bruços, agora tenho que dormir de lado.

Vou no banheiro, volto pra cama, fico uns 30 minutos rolando pra lá e pra cá, abro a gaveta do criado mudo, tomo um Toddynho (tudo pra tentar não andar até a cozinha e acabar acordando ao fazer um leitinho), mas não adianta.

Daí levando quietinha pra não acordar o André, pego meu laptop e sento na minha futura cadeira de amamentar e fico adiantando a vida. Estou fazendo isso agora mesmo… Mas está me dando um soninho… São 6 da manhã, vou tentar dormir de novo.

Beijo

 

28 Comentários para “Visitas frequentes ao banheiro e insônia”

  1. Tatiane disse:

novembro 30, 2010 às 1:26 pm

Mayra eu sei que não tem nada a ver o que eu vou escrever aqui com o assunto deste post,mas eu gostaria de saber se o Francisco vai ficar no mesmo quarto que o seu filho e qual a reação dele? Pq eu tenho um casal de filhos e quando falo que penso em ter mais um o meu filho mais velho não quer principalmente se for para dormir no quarto dele.
Gostaria de saber tbm se vc vai fazer chá de bebê e coloca uma fotinho do barrigão para a gente ver.
Beijos…

  1. Roberta disse:

novembro 30, 2010 às 2:07 pm

Eu acordava varias vzs tmb,mas pelo menos conseguia dormir!
Ainda bem,pois nem imagina o que me aguardava pela frente,noite e mas noites s/ dormir!!

bjss

  1. Toymania Brinquedos disse:

novembro 30, 2010 às 4:11 pm

Rio de Janeiro, 30 de Novembro de 2010

Caro blogueiro (a),
Nós da Toymania, temos o prazer em disponibilizar para seu blog 2 (brindes) sortidos para
divulgação de nossa marca em seu veículo, assim como links contendo material de nossa loja virtual, e nossa logomarca.

Quaisquer materiais de publicidade para seu publi-editorial, devem ser solicitados pelo
marketing da Toymania e seu contato será Kelly Nascif (kelly@toymania.com.br).

Estamos muito entusiasmados com a ação, e esperamos que esta possa ser convertida em
uma parceria douradora onde Toymania e seu blog podem colher frutos extremamente
produtivos.

Atenciosamente,
Rodrigo Tavares
Manager Toymania.com.br

  1. Aline disse:

novembro 30, 2010 às 4:44 pm

Coitada!!!!! Sei exatamente o que é isso, comigo era a mesma coisa, e se eu conseguia dormir de novo, o que era difissílimo, eu tinha pesadelos, nossa! Hoje minha baby tem 12 meses, e quando chora de madrugada eu sempre acabo lembrando daquela fase em que me faltava o sono, agora eu me levanto parecendo um zumbi… É, são as incoerencias da vida, né? Tomara que vc tenha conseguido dormir mais um pouquinho…
Bjs

  1. Bárbara (mais velha aqui!!!) disse:

novembro 30, 2010 às 5:01 pm

Pois é, o mesmo acontecia comigo…
Logo vai passar…
Bjs

  1. mayra disse:

novembro 30, 2010 às 6:18 pm

Olá Kelly, obrigada pela oferta, mas não posso aceitar esse tipo de incentivo. Obrigada,

  1. mayra disse:

novembro 30, 2010 às 6:18 pm

Obrigada Aline e Barbara, sei que passa, é uma fase, né? beijo,

  1. Joelma disse:

dezembro 1, 2010 às 7:33 pm

Eu só estou de vinte semanas e vou ao banheiro duas ou três vezes por noite, não consigo dormir cedo, e cinco da manhã estou de pé, ando com muita dor de cabeça e sem fome.

Quando engravidei estava com 51 quilos, estou de cinco meses e estou pesando 50 quilos.

Será a terceira meninas é muito prazeroso ser mãe, tenho certeza que com achegada da Ana Beatriz a familia ficará muito feliz.

  1. Carol disse:

dezembro 2, 2010 às 9:27 pm

Nossa!!! Parece que fui eu que escrevi…rsrsrs.
Também estou com 31 semanas e comigo acontece exatamente igual, acordo entre às 05:00 e 05:30 e não durmo mais.
Mas quando ele começa a mexer é tão bom que não me importo com mais nada.
Bjs.

  1. Emanuela disse:

dezembro 2, 2010 às 9:41 pm

Eu estou passando pela mesma coisa e pior com azia ainda! Força para todas nós! E tbm é meu 3° filho ( menino ).rs

  1. MARILIA disse:

dezembro 2, 2010 às 10:04 pm

minhas noites são exatamente assim, do toddynho ao laptop…33 semanas

  1. Cilmara disse:

dezembro 2, 2010 às 10:58 pm

Oie.Td bem?
Sei bem o que esta passando estou de 35 semanas, e as noites p mim nao sao nada bouas.Nao tem posiçao p dormir,a ida ao banheiro é a noite toda,isso quando nao sinto fome.rs
Meus pés ja estao inchados,hoje mesmo estou me sentindo péssima por causa do calor fico irritada,nao consigo nem pisar no chao de tao inchada as pernas..nao vejo a hora de tudo isso acabar.
Beijos e boa sorte a voce amiga…

  1. Camilla disse:

dezembro 3, 2010 às 1:19 am

João Pessoa, 02 de Dezembro de 2010

Pois é estou com esse mesmo problema… Tive problemas de insônia no começo da gravidez, muita anciedade e muito enjoo! Estou entrando na 36 semana e ainda continuo com enjoo e o problema para dormir, não sinto desconforto quanto a posição, mais quando dá 2:30 da manhã eu me levanto parar ir ao banheiro e não consigo de forma alguma mais dormir, só quando amanhece o dia ai durmo até umas 7/8 da manhã e passo o resto do dia acordada! rsrs falta pouco mais é sei muito bem como vc deve se sentir! Boa sorte para todas nós!

  1. Fernanda disse:

dezembro 3, 2010 às 8:22 am

Oi, Mayra
Sei bem o que é isso… Estou passando pela mesma coisa. Quando vou ao banheiro (pela segunda ou terceira vez à noite) e os passarinhos já estão cantando, não tem outra: meu dia já começa aí, pois raramente consigo pegar no sono de novo.
bjos

  1. Livia Matyucheva disse:

dezembro 3, 2010 às 9:16 am

Esse eh exatamente o dilema que vivo agora,pois tambem estou com 31 semanas…deito e quando comeco a pegar no sono ja eh hora de levantar pra ir ao banheiro de novo rsrsrsrsrs….Deito de novo e a barriga reclama….levanto,como,vou ao banheiro,deito e as vezes quando pego no sono tenho pesadelos ai acordo,quando eu comeco a finalmente pegar no sono mesmo la pelas 5 ou 6 da manha,eh a hora de levantar pois gosto de preparar o cafe do meu mardio antes de ele sair pra trabalhar…sono eh uma coisa que nao me pertence mais,mas consigo tirar uns coxilos durante o dia pelo menos..beijocas

  1. ana disse:

dezembro 3, 2010 às 9:48 am

Gente, eu tô passando por isso a gravidez toda….um pouco por ansiedade. Mas, agora com 35 semanas está sendo difícil dormir de tanta dor nas costas. Não acho posição…então levanto e vou assistir tv. Mas, nó outro dia, tô moída.
E o calor?!……

  1. mayra disse:

dezembro 3, 2010 às 10:18 am

Isso mesmo Carol! beijo,

  1. mayra disse:

dezembro 3, 2010 às 10:19 am

Eu também estou com azia há meses! Mas tudo bem, eles merecem!

  1. mayra disse:

dezembro 3, 2010 às 10:20 am

Nossa Marilia, que engraçado, tanta gente passando pela mesma situação! Fiquei impressionada… beijo,

  1. mayra disse:

dezembro 3, 2010 às 10:21 am

É assim mesmo Cilmara. Eu estou dormindo com as pernas ligeiramente elevadas, pra desincharem a noite e usando meia elástica quando fico muito tempo em pé… acho que ajuda…

  1. gabrielle disse:

dezembro 3, 2010 às 10:37 am

ola gente sou nova no pedaço, mais posso garantir q estou na mesma q vcs, só que um pouco pior, estou de 23 semanas,5ms,minha barriga esta enorme e quando é 3;30 ou 4;00 horas levanto p ir ao banherio e ja era o sono, hoje é um dia desses estou morrendo de sono e nao consigo dormir, antes eu ia ao banheiro mais vezes e conseguia dormir agora basta um vez, mais calma para todas tudo vale a pena sao bençaos maravilhosas q deus nos deu tudo tem um preço q deus de uma boa hora para nos todas fiquem com deus

  1. Kátia Bizan disse:

dezembro 3, 2010 às 10:46 am

Oi Mayra!!

Eu também levantava grávida e ficava p… da vida de ter que levantar, pois o sono estava tão bom!!! Parece que é na melhor parte né? rs..rs.. Mas depois piora!!!! kkkkkkkkk… Dormir prá quê??? Mãe não precisa!! O jeito é se conformar… rs..rs.. Eu durmo picado a noite toda por causa da Isabela e durante o dia é meio difícil dormir por causa dos dois maiores… Mas eu tenho fé que um dia, ou melhor uma noite eu volte a dormir…rs..rs..

  1. Carlota disse:

dezembro 3, 2010 às 11:37 am

Olá,
Este post tb descreve EXATAMENTE o que acontece comigo. Certa vez fiquei tão de saco cheio de ficar virando de um lado para o outro que me levantei, coloquei uma roupa e as 6:15 estava eu no supermercado 24h fazendo compras!

Mas, reparei uma coisa: se eu faço uma ceia antes de dormir, comendo um yogurte com uma fruta, não acordo às 5h da matina. Se forro o estômago com algo levinho logo antes de deitar na cama, eu durmo tranquilamente até umas 7:30/8h. tenho usado esta estratégia e está dando certo.

Outra coisa: aqui no site, no curso de gestantes, tem uma aulinha de alongamento e relaxamento muito simples. tenho feito sempre que posso antes de dormir e isso ajuda muuiiito quanto ao inchaço e à qualidade do sono.

beijos a todas.

  1. Priscila disse:

dezembro 3, 2010 às 12:30 pm

Olá, tudo bem?
Estou na 26ª semana e também já acordo várias vezes durante a noite para beber água e ir ao banheiro. Qdo isso acontecer com vc, procure não tomar todinho, o chocolate deixa a gente mais ligada ainda, por isso o chocolate é tão indicado na hora de fazer provas, dirigir a noite… Uma dica legal: continue deitada, mesmo se sua vontade for sair pela casa fazendo de tudo, pois com os olhos fechados e o corpo em repouso, o seu cérebro entenderá que é hora de descanso… Só qdo o bb nascer que não tem mais jeito, precisa levantar mesmo rsrs. Grande abraço.

  1. Deia Garrafa disse:

dezembro 3, 2010 às 1:48 pm

Ma, estamos no mesmo barco… Agora, a minha dica para azia que eu aprendi no Google e’ mascar chiclete. Juro – e’ um milagre – passa na hora! Bjs!

  1. mayra disse:

dezembro 3, 2010 às 7:32 pm

Sabe o que tem me ajudado Carlota? Ir dormir um pouco mais tarde…

  1. mayra disse:

dezembro 3, 2010 às 7:33 pm

Vou tentar Priscila! beijo,

  1. mayra disse:

dezembro 3, 2010 às 7:35 pm

Esta é boa Dea, achei engraçado! Juraaaaa???


Comentários :

Comente

Se preparando para amamentar?

Por: Mayra A.

Eu amamentei o Pedro no peito, exclusivamente, por quatro meses. Dos quatro aos seis meses comecei a completar com Nan  e aos 6 meses parei. A Julia, por sua vez, eu amamentei exclusivamente no peito até os quatro meses. No primeiro dia que eu comecei a completar a alimentação com a mamadeira, ela nunca mais quis mamar no peito.

Nas duas vezes eu não fiz nada pra me preparar. Já ouvi dizer que é bom tomar sol direto no peito, ficar na frente de numa luz especial alguns minutos por dia e passar a toalha ou bucha depois do banho, entre outras dicas, mas nenhuma foi uma recomendação da minha médica. Portanto, nunca fiz nada.

Também tive bastante dor nos primeiros 10 dias que amamentei (meu peito rachou!), mas depois destes 10 dias amamentar tornou-se a atividade mais gostosa que fiz (na época) com meus filhos.

Gostaria de saber se alguém tem algum truque infalível pra me ajudar a “preparar o peito” nesta terceira gravidez! Quem se arrisca?

 

27 Comentários para “Se preparando para amamentar?”

  1. Kátia Bizan disse:

novembro 26, 2010 às 1:42 pm

Oi Mayra!!!

O meu peito rachou nesta terceira gravidez e ainda continua dolorido… e melhorou pq fui no médico que indicou o uso da concha de amamentação que puxa o bico para fora e assim quem usa antes de começar a amamentar não racha!! Se eu soubesse antes!! Já ajudou agora imagina se tivesse usado antes do parto!!
Na embalagem diz que para estimular bicos curtos, planos ou invertidos recomendar-se utilizar a concha a partir da 32a semana de gestação e demais tipos de bicos a partir da 38a semana começando com 2h diárias…

Quem puder use!! Muito bom!!

Bjs!!

  1. Tatiane disse:

novembro 26, 2010 às 1:45 pm

Oi Mayra,
ainda nao sou mae, estou no setimo mes, mas minha medica, desde o mes da descoberta me orientou a tomar banho de sol diretamente no seio por 5 minutos todos os dias e massagear os mamilos com uma bucha durante o banho. De dito popular, ja ouvi dizer q casca de banana é bom tanto p prevenir como depois q racha, mas nunca tive coragem de passar.
bjs

  1. Gabriela disse:

novembro 26, 2010 às 3:01 pm

Oi Mayra, sou mamãe de 1a viagem. Meu filhote completou 5 meses de vida há 2 dias e só mama no peito. Eu não fiz qlqr preparação e ninguém me avisou qto poderia ser difícil amamentar até o dia do meu parto. Uma enfermeira parou do meu lado, disse q traria meu bebê logo e disse q eu deveria ter mta paciência e força de vontade pq seria difícil e doloroso nos primeiros dias. Eu sofri durante quase 20 dias até descobrir o qto amamentar seria maravilhoso. Meu marido e eu decidimos não oferecer mamadeira ou chupeta. Aqui em casa leite materno é em livre demanda, sem rotina p/ mamadas. Pretendo amamentá-lo até que complete 1 ano e meio. O meu conselho é não se preocupar com isso agora. Ouvi de outras mães q se preparar antes do nascimento não tem grande diferença p/ o processo de amamentação. Vai ter uma importância maior os cuidados q vc tomar a partir do nascimento. Se o bico do seio rachar, trate com óleo vegetal e limpe antes da mamada com o próprio leite. Qdo o seio estiver mto dolorido, faça ordenha manual e reserve o leite. Nunca ofereça mamadeira! Se precisar sair peça a alguém q dê o leite em um copinho de café. Seu leite pode ser guardado na geladeira por 12 h e congelado por até 5 dias. Insista, tenha mta força de vontade e procure apoio com seu marido e com outras mamães. O elo q se cria ao amamentar é lindo! Tente prolongar ao máximo isso…

Boa Sorte
Bjos

  1. Lorena disse:

novembro 26, 2010 às 5:09 pm

Ola Mayra…. eu tive problema com o bico do seio logo no hospital.Todo mundo dizia que eu devia preparar meu bico, mas eu achava que eu tinha o suficiente e acabei me dando mal. Rachou, usei bico de silicone..ate ele ficar bom de vez. Hj meu bebe esta com qse 3 meses e nao tenho mais problemas. Na epoca conheci varios produtos, mas todos que conseguia tinha que lavar o bico antes de o nenem mamar…entao procure algo que seja inofensivo para o bebe. Ouvi dizer que a mater skin tem um. eu usei mamare, que é de gel, mas que tb precisa lavar o bico antes de dar pro bebe.
A medica no hospital me deu uma seringa para que eu ficasse fazendo exercicio de puxar com o bico do peito !
bjus

  1. Roberta disse:

novembro 26, 2010 às 7:14 pm

Minha filha tem 02 aninhos e ate hj amamento,to numa luta só para desmamar!
Meu peito tmb rachou,pois nunca fiz nada pois ne sabi q peito rachava,ja ouvi falar de pomadas e banho de sol.

bjsss

  1. Tatiane Holiver disse:

novembro 26, 2010 às 8:34 pm

Olá Mayra

Eu tenho 2 filhos, um menino de 10 anos e uma bebê de 1 ano e 1 mês.
Quando eu tive o meu filho eu amamentei ele por 6 meses, meus seios nunca ficaram machucados e foi tudo muito bem, eu tinha bastante leite.
Já da minha bebê eu só amamentei até os 4 meses pq não tive leite, meus seios machucaram muito, eu não aguentava de dor.
O meu ginecologista sempre me dizia para ir preparando os seios, passando um tipo de pomada que ele me receitou e eu não fiz nada disto mas acabei me arrependendo, estas pomadas são muito boas eu acabei usando após o parto e ajudou muito, eu acho amamentar um ato muito lindo de mãe para filho mas é bem dolorido…
Beijos

  1. Renata disse:

novembro 28, 2010 às 2:19 pm

Estou na 3ª gestação e nas outras 2 não tive cuidados, por isso meu seio rachou. Agora, estou usando uma bucha vegetal no banho para fortalecer o bico e meu médico me recomendou uma pomada chamada Massê pré natal. Converse com a sua médica sobre isso!

Boa sorte!

  1. Fernanda disse:

novembro 29, 2010 às 3:27 pm

Olá Mayra!

Tenho um bebê de 9 meses que ainda mama no peito. Amamentei exclusivamente até o 6° mês sem sofrimento algum. Não fiz absolutamente nada para preparar o mamilo durante a gestação. Mas, em compensação, quando meu bebê nasceu, me armei com um arsenal: levei para a maternidade conchas de amamentação, discos de gel específicos para o mamilo (devem ficar na geladeira antes do uso) e uma pomada de lanolina que passava sempre depois de amamentar. Os absorventes para seio só passei a usar depois de 1 ou 2 meses, quando o mamilo já estava bem resistente; antes disso, só as conchas para não abafar o local.
Bjs e felicidades!!

  1. mayra disse:

novembro 29, 2010 às 5:08 pm

Obrigada, vou pensar! ai, deve ser meio incômodo, não?

  1. mayra disse:

novembro 29, 2010 às 5:09 pm

Obrigada gabriela!

  1. mayra disse:

novembro 29, 2010 às 5:10 pm

Obrigada Lorena!

  1. mayra disse:

novembro 29, 2010 às 5:12 pm

Hummm legal Renata, vou perguntar.
beijo,

  1. mayra disse:

novembro 29, 2010 às 5:13 pm

Obrigada Fernanda!
beijo,

  1. Bárbara (mais velha aqui!!!) disse:

novembro 29, 2010 às 6:02 pm

A única coisa que fiz, foi usar fibrase qdo rachou, ajudou a cicatrizar mais rápido…
Boa sorte, pq doí mesmo…

  1. Andreia disse:

novembro 29, 2010 às 6:02 pm

Meu médico me ensinou a passar bucha vegetal na hora do banho nos mamilos. Eles engrossam e não racham. É a solução mais fácil e barata. Comece logo! E Eu amamentei gêmeos, meus primeiros filhos e meus seios não racharam.

  1. Tatiane disse:

novembro 30, 2010 às 10:50 am

Mayra eu sei que não tem nada a ver o que eu vou escrever aqui com o assunto deste post,mas eu gostaria de saber se o Francisco vai ficar no mesmo quarto que o seu filho e qual a reação dele? Pq eu tenho um casal de filhos e quando falo que penso em ter mais um o meu filho mais velho não quer principalmente se for para dormir no quarto dele.
Gostaria de saber tbm se vc vai fazer chá de bebê e coloca uma fotinho do barrigão para a gente ver.
Beijos…

  1. mayra disse:

novembro 30, 2010 às 6:16 pm

Ui, será que tenho coragem Andrea?
beijo,

  1. mayra disse:

novembro 30, 2010 às 6:17 pm

Oi Tatiane,
Vc leu meus pensamentos! Na 6a vou postar sobre o chá de bebê e uma foto e na semana que vem sobre como organizar os quartos! beijo,

  1. Thamara disse:

dezembro 2, 2010 às 2:56 pm

Eu preparei meu seio, com orientação do meu médico, e a amamentação foi só prazer. Não tive nenhuma rachadura e nada de dor. Tomei sol durante 5 minutos todos os dias nos últimos meses, tinha um lugar na área de serviço do meu apartamento onde batia uma fresta de sol e era ali que todo dia eu sentava às 08h da manhã com o seio de fora, enquanto tomava o café da manhã.
Hoje estou na segunda gestação, na 20º semana e logo logo vou começar a me preparar. Sempre que vejo uma grávida pergunto, posso dar uma dica? E falo para tomar sol no seio. Amamentar é bom demais!!!!!!! Laura mamou exclusivamente no peito até os 4 meses e meio quando voltei a trabalhar. Depois disso eu tirava com a maquininha e colocava na mamadeira e ela ainda mamava no peito de manhã e à noite. Ela mamou só o meu leite até os 10 meses, quando largou naturalmente.

  1. mayra disse:

dezembro 3, 2010 às 10:17 am

Obrigada pela dica Thamara! beijo,

  1. Caroline disse:

dezembro 3, 2010 às 2:15 pm

Olá Mayra,
Sou mamãe de 1ª viagem, e assim que soube que estava grávida fiz de tudo para me preparar para a maternidade.. lia tudo que tinha na Internet, conversava com outras mães, fazia planilhas de enxoval, curso de gestante, etc., etc.. Mas o que não fiz foi me preparar para a amamentação.. e eu queria deeeemais amamentar. Noooossa como eu sofri no 1º mês. Meus peitos ficaram em carne viva, doía muuuuuito amamentar.. queria morrer!! Mas insisti mesmo assim… com os peitos feridos muita gente ensinava 1000 receitas para curar, mas a pediatra disse que o melhor remédio era tomar sol e passar o próprio leite nos bicos feridos. Fiz isso.. e sarou, a partir daí amamentar deixou de ser sofimento e passou a ser prazer. Amamentei exclusivamente até os 6 meses e até hoje (minha filha tem 11 meses) ela mama. Meu conselho pra vc é: tome sol todos os dias nos seios…
Boa sorte!!
Carol.

  1. Lauren disse:

dezembro 3, 2010 às 4:13 pm

Banho de Sol é fundamental, quanto mais escuro ficar seu mamilo, mais fortalecido. Eu tomei banho de Sol durante toda a gestação, meu bico nunca rachou e só tive sensibilidade nos primeiros dias, logo que o leite desceu! Vale a pena!!!

  1. mayra disse:

dezembro 3, 2010 às 7:35 pm

Obrigada Caroline!

  1. adriana aparecida correa disse:

dezembro 17, 2010 às 12:39 pm

OI MAYRA SOU NANA IRMA DA AMELIA TAMBEM ESTOU GRAVIDA ESTOU COM 37SEMANAS VOU GANHAR O JOAO PEDRO NO DIA 30 DE DEZEMBRO .
UMA COISA LEGAL DE USA É UMA CONCHA DA NUCK ELA É OTIMA TA BOM ? BJUS

  1. mayra disse:

dezembro 21, 2010 às 10:42 am

Oi Nana, que legal!!! Lembro de nós duas no casamento da Amelia falando sobre isso! O Francisco deve chegar mais pro final de janeiro… depois conto! Boa sorte e beijos!

  1. Ursula disse:

junho 3, 2011 às 3:28 am

Olá vc ja teve seu bebe, eu trabalho com amamentação, tenho dois filhos a primeira amamentei exclusivamente ate os 6 meses, e meu filho mamou ate os 3 anos. O principal nao é preparar o seio e sim o bebe realizar uma pega adequada, isso quer dizer pegar mais q o bico, por que se pegar so o bico vai machucar. Quando racha o bico o que acho melhor é pasar o proprio leite pra cicatrizar e fazer banho de luz. qualquer duvida estou disponivel no ursulafono@gmail.com. Boa sorte a todas!! Amamentar é um ato de amor!!!

  1. mayra disse:

junho 4, 2011 às 3:04 am

Obrigada Ursula, acho que a pega está certa, mas ele está bem grandinho e os meus 3 filhos eu tive que começar a completar aos 4 meses… meu peito não dá conta! Beijo,


Comentários :

Comente

Que saudades (ou estou prontíssima para ter outro!)

Por: Mayra A.

Resolvi dividir com vocês este video que ilustra, como poucos, a alegria e a inocência de ser criança.

A minha bebê crescida Julia, hoje com 4 anos, na época tinha 1 ano e 9 meses…

Pintando o sete – http://www.youtube.com/watch?v=mmfrSNJP5h4

Confesso que assim como ela, eu sempre me diverti bastante com essas ‘bagunças’!

12 Comentários para “Que saudades (ou estou prontíssima para ter outro!)”

  1. Tatiane Holiver disse:

dezembro 24, 2010 às 4:26 pm

Mayra

Que fofo o vídeo, como é bom ver crianças brincando, que fase maravilhosa, é uma pena que passa tão rápido.

Tenha um ótimo Natal e um maravilhoso 2011.

Sempre te acompanho !!! Beijos com carinho

Tatiane (mãe do Bruno de 10 anos e da Letícia de 1 ano e 2 meses)

  1. mayra disse:

dezembro 25, 2010 às 10:07 am

Obrigada Tatiane, pra sua família também! beijo,

  1. Roberta disse:

dezembro 27, 2010 às 1:26 am

Que sorriso lindo que a sapeca dá eqto “faz arte”… É isso aí! Como diz a propaganda do sabão, “se sujar faz bem”. Boas festas pra vc! Qdo chega o pequeno?! Bjs

  1. Kátia Bizan disse:

dezembro 27, 2010 às 11:48 am

Oi Mayra!!!

Uma delícia o vídeo!!! Criança é tudo de bom ainda mais quando dá para se sujar a vontade!!!!

Tenha um lindo 2011 e que continuemos conversando no blog!!

Bjus!!

  1. mayra disse:

dezembro 27, 2010 às 8:35 pm

Obrigada Roberta! O Francisco está previsto para 27/01… veremos! beijo,

  1. mayra disse:

dezembro 27, 2010 às 8:36 pm

Katia, que você também tenha uma linda entrada de ano.
beijos,

  1. Polyana disse:

dezembro 27, 2010 às 9:00 pm

Que legal! Também me divirto bastante com as sapequices de minha filha Laís, 1 ano e 6 meses. Morro de rir.

  1. mayra disse:

dezembro 28, 2010 às 10:58 am

Eles são umas gracinhas não Polyana? beijo,

  1. maura disse:

dezembro 30, 2010 às 12:44 pm

Fofa! Fofa! Fofa! Mas imagino o tempo do banho depois! hehehe!
Maura
coisasdamaura.blogspot.com

  1. mayra disse:

dezembro 30, 2010 às 8:25 pm

Pois é Maura… mas é assim que é bom, né? beijo

  1. Roberta disse:

dezembro 31, 2010 às 11:09 am

Muito fofa!!
Parabéns!! Que bom q vc ta toda animada,crianças são muito gratificantes!A minha Leticia tem 2 aninhos e é um amor!!!

Feliz ano novo a td familia!!

  1. mayra disse:

janeiro 3, 2011 às 2:40 pm

Obrigada Roberta, beijos!


Comentários :

Comente

Revista Joyce Pascowitch – 11/10

Por: Mayra A.



Comentários :

Comente

Mudança de perspectiva: enxergando tudo pela visão dos pais

Por: Mayra A.

Muitas vezes, quando eu era adolescente, ou mesmo adulta, escutei a seguinte frase: “Você vai entender quando tiver seus filhos.” Pois é, estou começando a entender muitas coisas.

Os pais sempre tentam acertar. Muitas vezes conseguem e muitas vezes não. Foi assim com nossos avós, pais e será assim de novo com a gente, com nossos filhos e netos!

Aliás o que seria acertar? Complicado hein? Cada um tem um ponto de vista. O que aprendi sendo mãe é que é muito fácil julgar e reclamar dos nossos pais e muito difícil decidir o que fazer com os nossos filhos.

Outro momento em que me surpreendi foi quando percebi a total dedicação que os pais tem com os bebês. Os bebês dependem completamente dos pais, e eu nunca tinha parado para pensar que meus pais cuidaram tão intensamente de mim nesta primeira fase. Nossa memória não chega ao útero, nem ao berço.

Isso tudo para dizer que os pais devem ser sempre tomados como as pessoas que mais querem o bem dos filhos. Da maneira deles, da maneira que julgaram, na época, ser a melhor.

Um brinde de agradecimento a todas as mães e pais do mundo!

 

9 Comentários para “Mudança de perspectiva: enxergando tudo pela visão dos pais”

  1. Tatiane disse:

novembro 19, 2010 às 12:00 pm

Realmente Mayra, já ouvi muito essa frase também. Meu bb ainda nao nasceu, mas ja estou percebendo o qto nos mudamos a vida dos nossos pais, no meu caso na exata proporção de primeira filha para primeiro filho, e olha q a vida dos meus pais era bem mais dificil do q a minha é. Entao brindemos aos nossos pais e avos.

  1. Roberta disse:

novembro 19, 2010 às 12:43 pm

Depois q engravidei e tive meu bb,foi q também parei para pensar os cuidadeos da minha mãe comigo e tmb quantas noites s/ dormir!!

Somos mãe,dona de casa,profissional e mulher!!

Um brinde a tds as mamães,mulheres guerreiras!!

  1. Andréa disse:

novembro 19, 2010 às 12:59 pm

Mayra, parece que andaste lendo meus pensamentos…Acho que realmente só valorizamos nossos pais quando nos tornamos pais! É incrível pensar que eles passaram tudo isso pela gente!
Mais uma vez parabéns pela linda família!
Beijocas,
Andréa

  1. kelly e Yago disse:

novembro 19, 2010 às 3:40 pm

é bem assim mesmo hoje tenho 03 filhos uma de 24 uma de 07 e uma bebe de 1 ano e 9 meses…..e hoje minha filha fala mãe ufaaa como esse bebe dá trabalho não para um segundo cancei não quero ser mãe ainda não estou preparada…
E um dia ela perguntou se ela dava o mesmo trabalho que o irmão dá …..e eu disse claro e já estou passando por isso 3 vezes….ela disse voce nasceu pra ser mãe mesmo….

  1. Tweets that mention BEBE.COM.BR Mãe de três » Blog Archive » Mudança de perspectiva: enxergando tudo pela visão dos pais — Topsy.com disse:

novembro 19, 2010 às 4:23 pm

[…] This post was mentioned on Twitter by Deborah Marinho, Site do bebê. Site do bebê said: {Blog} Um brinde de agradecimento a todas as mães e pais do mundo! http://abr.io/9DL […]

  1. mayra disse:

novembro 22, 2010 às 1:26 pm

Obrigada Andrea, beijo,

  1. Roberta disse:

novembro 23, 2010 às 2:27 am

Mayra, gostei mto desse post. Eu, como a maioria das adolescentes, tive lá minha crises com a minha mãe. Agora, aos 35 anos, depois do nascimento da minha filha, sinto um amor ainda mais intenso pela minha mãe. Imagino o qto foi dura a rotina dela com 5 filhas. Sim, 5! E duas “temporonas”. Somos uma família unida, e mto disso, tenho certeza, é resultado do empenho da minha mãe na nossa criação. Bj

  1. Daniela disse:

dezembro 2, 2010 às 11:00 pm

Mayra,
Li todos os seus post hoje e adorei!
Esse em especial me fez pensar no quanto a gente muda quando vira mãe. Eu sou professora e no trabalho todas as mais velhas me diziam: espera só até você ter filho, ou então, quando vc tiver filho vai entender. Eu ficava louca da vida! Quer dizer então que a gente tem que ser mãe para ser boa professora? Agora isso é pré-requisito?
Que piada… Hoje vejo o quanto elas estavam certas… Não que a gente precise ser mãe para ser professora, ou qualquer outra profissão, mas que a gente muda, muda!!!
Eu sou muito rígida, e exijo muito dos meus alunos. É uma característica minha, e que (por incrível que pareça) me faz ser boa no que faço. Mas hoje, quando dou uma bronca em algum pequeno, meu peito se aperta e na hora penso no meu filhote. Eu me pergunto, será que eu ia gostar que alguém falasse assim com meu filho?
Por favor, não pensem que eu sou um carrasco, ou uma professora pavorosa, um Hitler… Acho até que sou boa professora, amo o que faço e meus alunos me adoram! Mas que a nossa perspectiva muda, muda! E MUITO…
Com certeza sou uma pessoa melhor por causa do meu filhotinho!
Parabéns pela linda família!
Beijos,
Daniela

  1. mayra disse:

dezembro 3, 2010 às 10:22 am

Daniela, entendo perfeitamente o que está dizendo. Ficamos mesmo mais tolerantes, um caminho sem volta! beijo,


Comentários :

Comente

Dando a luz no Brasil

Por: Mayra A.

Para quem tem acesso a um bom hospital particular no Brasil digo o seguinte: vocês não tem idéia do que somos sortudas por aqui. Explico: Tive o Pedro em Nova Iorque e lá funciona assim: a parte médica é inquestionável, os médicos são (em geral) competentes, a UTI e o berçário são decentes e tudo mais.

Considerando que tudo isso é público e todos os americanos tem acesso, eles estão de parabéns. Não frequento hospitais públicos no Brasil, mas imagino que ainda tenhamos bastante trabalho pela frente. Só tem um detalhe: os americanos não tem idéia do que significa delicadeza, hotelaria, conversar com o paciente, deixá-lo a vontade… Toda essa doçura que o brasileiro tem de sobra!

Quem já foi aqui no Brasil em laboratórios como o Fleury sabe o que estou falando. Diria até que aqui é um pouco exagerado: “Senhora, agora vou dar uma picadinha, será rápido, vou passar um pouquinho de álcool com o algodão agora e depois de aviso na hora que for picar… agora vou picar, (ai), agora senhora, segura aqui o algodão e tire o bandaid daqui há uma hora pra não ficar com hematomas”. Lá seria assim: “Senta aí pra eu tirar seu sangue. Pronto. (já tirei). O próximo pode entrar!”

A sensação que eu tive no primeiro parto lá em Nova Iorque é que eu estava numa clínica veterinária! Vou contar um episódio que ilustra bem o que estou falando.

Lá eles não dão banho no bebê (com água) até cair o umbigo. O procedimento é feito com paninhos úmidos. Não conseguirei (infelizmente) descrever a altura o que foi aquela enfermeira horrorosa dando um banho de paninho no meu bebê de um dia. A fulana esfregou meu filho até quase arrancar o couro do coitado, que chorava sem parar. Ah, e ela estava, teoricamente, fazendo uma demonstração para me ensinar. Quase bati nela. O objetivo era apenas que ele saísse limpo, e isso ela conseguiu com toda certeza. Lá tudo é assim. Que funciona, funciona, mas que jeito bronco de fazer funcionar!

O meu segundo parto (da minha Juju!) foi aqui em SP, no Einstein e eu me senti como se estivesse no hotel mais luxuoso do mundo! Que diferença! Meu marido deu a seguinte declaração: “A diferença é como hospedar-se no albergue, sem banheiro, do interior de Comuruxatiba ou então ser o convidado de honra no castelo do rei.”

Ah, esqueci de contar o pior: Lá você não sabe, até o último minuto, se irá dividir o quarto com outras mães. Dependendo do movimento do hospital terá que dividir sim e não poderá nem ter um acompanhante dormindo com você. Ainda bem que na minha vez estava vazio. Só me faltava essa!

Francisco, você vai nascer aqui, tá?

 

17 Comentários para “Dando a luz no Brasil”

  1. Tatiane Holiver disse:

novembro 16, 2010 às 5:09 pm

Olá Mayra

Poderia aqui no Brasil juntar o útil ao agradável não é? Em um país com os impostos mais caros do mundo não temos um atendimento médico digno.
Algumas colegas minhas que não tem convênio tiveram os bebês em hospitais públicos e passaram apertado pq eles forçam o parto normal de toda forma, não fazem cesárea de jeito nenhum e o bebê de uma delas quase nasceu de 10 meses.
Eu tenho 2 filhos, um menino de 10 anos e uma bebê de 1 ano, de ambos fui muito bem atendida, no dele foi pago e no dela o convênio era muito bom, infelizmente o dinheiro sempre conta nesta hora.
Bjs…

  1. Roberta disse:

novembro 16, 2010 às 5:32 pm

ém sim,eu tive pelo SUS tive que sem escolhas encarar o normal,graças a Deus deu td certo,mas dividi o quarto com + 3 e detalhe,a partir do momento q internou não pode ter acompanhante.
Assim q eu ganhei chegou uma mãe p/ ir p/ soro coitada,ficou de umas 14:00 as 00:00 e teve q fazer a cesarea pois não conseguiu o normal.
Ainda bem q dei sorte,pois não teria naquele momento com pagar a cesarea,daí encarei o norma mesmo!!
Mas com a juda de Deus fui bem tratada e correu td bem,minha bb vai fazer 02 aninho mes q vem!!

  1. mayra disse:

novembro 16, 2010 às 11:23 pm

Poxa Tatiane, coitada da sua amiga… lá é igualzinho, não fazem cesárea por nada! Até bebê sentado eles viram pra nascer normal.

  1. mayra disse:

novembro 16, 2010 às 11:23 pm

Que bom que deu tudo certo Roberta, os homens é que passam bem nesta parte, né?
beijo,

  1. Roberta disse:

novembro 17, 2010 às 10:47 am

Concerteza!! bjss

  1. mari disse:

novembro 17, 2010 às 5:52 pm

Oi,

Minha cunhada mora na Inglaterra e la tambem é o mesmo esquema: atendimento competente e atencao zero. hoje ela sofre com os pediatras que sao broncos e acham q td é exagero da mae…Minha outra amiga foi na Irlanda e sofreu muito , quase morreu e ainda por cima ficou 2 dias sozinha com o bebe no quarto sem acompanhante (pq nao deixam) com muita dor, pressao alta e as enfermeiras nem ai. Precisamos ter o que é mais importante nessas horas: um medico competente com uma mao amiga…

  1. Kátia Bizan disse:

novembro 18, 2010 às 8:57 pm

Que horror!!! E a gente com essa cultura que nos States e Europa é tudo melhor que aqui… Eita gente fria!!! Sei que quando percebem que você não é de lá eles não te ajudam, não dão informação… E nós aqui fazemos até mímica se for preciso para ajudar!!!

O amigo do meu marido foi morar na Itália, sendo ele negro e a esposa branca… Ele não conseguia emprego, mesmo tendo estudo aqui e só conseguiu como motorista de empilhadeira… Para ajudar a esposa engravidou de gêmeos e sofreram tanto com o pré-natal e o parto público que logo que os bbs nasceram voltaram para o Brasil e não querem mais saber de sair daqui…

Tive meus pequenos por cesárea (opção minha!) no hospital Sta Joana e foi maravilhoso!!! Não tenho do quê reclamar!! Graças a Deus moro no Brasil e tenho convênio médico!!!

Como foi dito em um comentário anterior, pena que não se junta o atendimento público excelente de lá com a educação dos atendentes em hospitais particulares daqui!!! Seria perfeito!!!

Bjus!!

  1. Gigi disse:

novembro 23, 2010 às 12:44 am

Acho que sou uma privilegiada, quando descobri que estava grávida pela primeira vez, descobri também que o meu plano de saúde não iria cobrir o parto, já que fazia um mês que havia adquirido. resultado: tive minha filha num hospital do sus, que atende toda a região do interior do meu estado. Na época havia até denúncias de roubo de bebês, foi noticiado e tudo, fiquei em pânico, imagina, eu tinha 17 anos, primeiro parto e não podia ficar acompanhante. Quando eu estava com 7 meses de gestação precisei ficar hospitalizada e como foi uma emergência, fui parar neste hospital, passei uma semana internada e foi aí que conheci o que realmente acontecia por lá. fui bem tratada, orientada e quando cheguei aos nove meses, tive minha bebê lá, e graças à Deus ocorreu tudo perfeitamente bem, da maneira de um hospital público, mas com um atendimento surpreendente. comigo foi assim, com outras nem tanto….

  1. Kezia disse:

novembro 29, 2010 às 1:56 pm

Oi Mayra, estou em Paris fazendo meu doutorado e estou gravida de 30 semanas. Descobri que aqui não é essas maravilhas como o povo fala, tive um péssimo atendimento durante todo o pré-natal, desde a primeira consulta, onde a médica insistiu perguntando varias vezes se eu não queria fazer um aborto. Depois, tive de ouvir muitas coisas grosseiras, até mesmo que eu era estrangeira, que o serviço publico é so para os franceses e porque que eu ainda tinha vindo pra ca pra engravidar…
Graças a Deus que estou voltando agora em dezembro e minha filha vai nascer no Brasil, todo mundo pergunta porque eu não tenho ela aqui, pra ela ter nacionalidade europeia, mas eu quero ter minha filha sendo tratada como gente, não vale a pena a gente se humilhar tanto por um passaporte europeu…

  1. mayra disse:

novembro 29, 2010 às 5:13 pm

Nossa que chato Kezia, boa sorte com o bebê!
beijo,

  1. Simone disse:

dezembro 2, 2010 às 4:54 pm

Oi May,

Adoro seu blog, parabéns por ser mãe pela 3ª vez.
Realmente parir no Brasil, não é fácil, sei que não é inteção do seu blog, mas hospital particular aqui no Brasil 90% dos casos são cesáreos. Não sei como foram seus 2 partos.

No Brasil, existe o que agente chama de intervensões desnecessárias, e muitas, o que causa dor e sofrimento à mulher sim, por isso muitas acabam não conseguindo o normal, mas ja existem profissionais que acreditam na mulher e estão lutando por um parto humanizado, onde a mulher seja respeitada, possa andar em trabalho de parto, comer algumas coisas, escolher a posição e até parir na posição que preferir, como de cócoras ou numa banheira. Isso acontece aqui em BH-MG, em hospital publico.
Fica ai a pulga saltitante, como dizem aqui..

Você ja pensou em como será o seu parto? Te desejo boa hora…
Simone, mãe da Júlia de 5 meses que relaxou tanto e acabou parindo em casa com a ajuda do marido, Deus e da bb, mas não aconcelha, melhor mesmo é Parto Domiciliar Assistido. (com parteira emédico sob aviso).

  1. mayra disse:

dezembro 3, 2010 às 10:18 am

Oi Simone,
Tive os dois normais, porém induzidos, pois passaram da data. O Pedro nasceu nos USA e tenho certeza que se fosse aqui teria sido cesárea. Este foi o lado bom de ter o primeiro lá. Porvavelmente agora terei o meu 3o normal.
beijo,

  1. Emmanuelle disse:

dezembro 9, 2010 às 10:56 am

Ola Mayra,
Sou leitora do seu blog por adorar cozinha e por estar gravida de 15 semanas do segundo baby: )
Moro no Oeste da França em um cidade chamada Nantes cujo vim para um estagio,mestrado e acabei casando!
Este assunto de parto normal é sempre uma discussao com minhas amigas que moram no Brasil pois nenhuma delas (em uma media de tiveram parto normal,sempre aquele papo de ter “medo da dor”!
Eu tive um parto maravilhoso aqui na França do meu Julio! Mas corri atras!fazendo Yoga para gravidas,cursos de relaxamento…
Enfim,creio que temos dores a vida inteira (de dente,ao quebrar um braço) e uma dor que deve ser acolhida pois é a preparaçao de um corpo para um “serzinho maravilhoso” sair nao pode ser vista com esse medo todo que as brasileiras têm!
abraços!

  1. Bárbara disse:

dezembro 17, 2010 às 11:20 pm

Sou brasileira e tive 2 partos normais e num me arrependo. E esse negócio de dor já faz parte da cultura brasileira que “hospital público é parto normal a qualquer preço!”, “Convênnio ou particular é só maecar a data da cesárea” e “Brasileira tem medo da dor” graças a Deus fugi disso tudo tive dois partos normais em hospitais por meio de planos de saúde só que o doutor do meu filho e a doutoura da minha filhar tiveram a sorte de na hora que eu entrava em trabalho de parto era o começo do plantão de um e o final do plantão da outra pois poderia cair no plantão de qualquer outro médico.

  1. Carolina disse:

janeiro 23, 2011 às 9:29 am

Olá a todas,
realmente nao temos como comparar o atendimento que temos no Brasil (sistema privado de saúde, é claro) com o que temos na Europa, moro aqui a pouco tempo (2 anos) mas ja estou grávida da minha segunda filha (37 semanas). Minha primeira nasceu no Brasil, me senti num hotel também rsrs, mas foi de cesárea. Aqui na Austria, como em muitos paises da Europa e também nos EUA, eles só fazem cesárea em caso de emergência. Mas nao acho isso ruim nao, quem já se submeteu a uma cesárea, sabe que é a pior coisa do mundo. É por esse motivo que nao estou apavorada de ter um parto normal agora, e mais, nao só vou fazer normal mas como vou tentar o parto natural na banheira com uma parteira. Aqui é um luxo rsrs, pois eles disponibilizam isso tudo no Hospital. Boa Sorte para mim e para todas as mamaes de 2011!!!
Beijooos

  1. mayra disse:

janeiro 24, 2011 às 4:54 am

Carolina, vamos torcer para que você tenha um bom parto na banheira! Deve ser bem diferente! Depois conta pra gente. beijo e boa sorte!

  1. Cynthya disse:

fevereiro 1, 2011 às 11:22 pm

Oi Mayra,
parabéns pelo bb, muita luz, saúde para o Francisco.
Bom, a minha bb nasceu em Moçambique(Àfrica), optei em ganha-la em uma clínica particular e não no hospital da capital,Maputo. O hospital da cidade é até bem equipado, mas vinte dias antes de ganha-la me senti mal, achei que era malária, o que é comum lá……….enfim, odiei o atendimento, aquilo parecia a filial do inferno, me senti péssima, conversei com a obstetra e resolvemos que meu parto seria induzido, pq estava com diabetes gestacional.
Na Àfrica a palavra de ordem é o parto normal, cesárea só no último caso. Ah, no parto normal nem é cogitado anestesia, que todos amam aqui no Brasil!!
No dia 26/03/10 dei entrada na clínica e depois de 15 horas Alícia nasceu saudável e linda.
Fui bem tratada pq paguei pelo parto, mas o tratamento aqui no Brasil é sem dúvida muuuuuuito melhor.
Lá tbém só dá banho depois do umbigo cair, eles tbém passam paninho, ai que aflição!! Mas falei com a enfermeira e consegui dar banho nela no dia seguinte, falei que fazia parte da nossa cultura……..rs!! Pelo menos funcionou!!!
Um forte abraço pra toda sua família e mais uma vez parabéns pelo bb!!


Comentários :1

Comente

Ciúmes do Francisco, desde já!

Por: Mayra A.

Estou de 29 semanas e, hoje, foi o dia da chegada do berço e a cômoda do futuro quarto do Francisco, antigo quarto da Julia.

Desde que ficou pronto o beliche do quarto do Pedro, a Julia já quis dormir lá. Isso já faz mais de um mês, mas não importa: até hoje o quartinho dela estava lá. Hoje levaram tudo e estão chegando as coisinhas do nenê.

A Julia está agora dormindo no berço do Francisco, com a chupeta que seria dele (ela não usa mais faz tempo!). Socorro, tô roubada!

Ah, hoje na manicure ela pediu pra pintar as unhas dos pés e das mãos de azul… Será parte do processo ou parte do protesto?

Olha a cara da figura!

 

9 Comentários para “Ciúmes do Francisco, desde já!”

  1. Tatiane Holiver disse:

novembro 12, 2010 às 1:39 pm

Olá Mayra

Hum…ciúmes sempre rola do novo irmão pq a criança já percebe que as atenções vão ser todas para o novo membro da família e mesmo que nós que somos mães desejamos dar atenção por igual não dá pq o bebê precisa muito de nós.
Eu tenho um filho de 10 anos e uma bebê de 1 aninho e rola um ciúmes por parte dele, mas ele curte muito a irmã, ajuda no que pode e brinca com ela.
Boa sorte… beijos

  1. Kátia Bizan disse:

novembro 12, 2010 às 2:23 pm

Xiii Mayra… não é fácil!!

Quando meu segundo filho foi nascer me ensinaram uma técnica de saber um presente que o(s) outro(s) filho(s) queira(m) e quando o bebê nascer ele traz esse(s) presente(s) para o(s) irmão(s) quando chegar da maternidade… Deu muito certo comigo!!! Minha filha até hoje fala para meu segundo filho que foi ele que deu a geladeirinha dela e agora com a chegada da Isabela ela trouxe os presentes que os dois estavam querendo e foi tudo muito bem!!

Eu recomendo!!

Boa sorte!! Bjs!!

  1. Elisa disse:

novembro 12, 2010 às 5:48 pm

Sempre fiz com que a minha filha Alícia (com 6 anos) participasse ativamente de tudo que dizia respeito ao Srthur (hoje com 11 meses), tudo que eu ia escolher sempre tinha a participação da opinião dela… e quando ele nasceu se tornou algo que ela desejava tanto, ver o irmãozinho com as roupinhas que ela havia escolhido e ver o bebê no ambiente que teve a participação dela na escolha da decoração que se tornou algo muito prazeroso para todos nós… Em momento algum até agora ela demonstra ciúme ou receio ao irmãozinho !
Beijos e sucesso nesta fase que em muitos casos é muito difícil !

  1. mayra disse:

novembro 13, 2010 às 11:26 am

Obrigada Elisa, vou precisar de boa sorte! beijo,

  1. mayra disse:

novembro 13, 2010 às 11:26 am

Verdade Katia, não posso esquecer de providenciar o presentinho! beijo,

  1. mayra disse:

novembro 13, 2010 às 11:27 am

Obrigada Tatiane, eu já passei por isso quando a Julia nasceu, mas já faz 4 anos, acredita que não lembro direito dos detalhes? beijo,

  1. Roberta disse:

novembro 16, 2010 às 5:55 pm

Judieira!!

  1. fabricia disse:

fevereiro 23, 2011 às 6:50 pm

Olá Mayra!
Só agora li este seu artigo. Meu mais velho, tbém chamado Pedro tem 5 anos e meio e até hoje tem ciúmes da irmã, Marina de 3 anos. Ela tbém tem ciúmes dele e te confesso que acho terrível essa ciumeira toda! O Pedro, desde que engravidei da Marina ficou superrrr seletivo c/ a comida e passou a ter medo de piscina. Fazia natação desde 7 meses e agora, que tá passando o medo da piscina. Qto a seletividade continua até hoje!! Faço de tudo p/ equilibrar a atenção e o carinho p/ os 2!! Parabéns pela coragem de ter o terceiro filho!! Juro que não quero, principalmente pela ciumeira toda!!!!!!!!!!!!!!!!! Boa sorte p/ vc e seus 3 filhotes!! Se tiver uma sugestão p/ mim, adoraria ler!! Bjos!

  1. mayra disse:

fevereiro 24, 2011 às 12:51 am

Fabricia,
A cuimeira existe mesmo, não tem como evitar, este é um lado ruim, mas tem tantos bons!!!
Amo família grande, e os irmãos serão amigos pra sempre! Cada um sabe quantos filhos cabem na sua família, na minha caberiam 4!
beijos,


Comentários :

Comente

A terceira gravidez

Por: Mayra A.

Meus amigos e familiares me tiram muito sarro da quantidade de emails que mandei na minha primeira gravidez com fotos ´ininteligíveis´de ultrasons. Mas, poxa, eu estava em Nova Iorque sozinha e queria de qualquer maneira compartilhar com eles. Realmente, hoje sou obrigada a concordar que fotos de ultrasom só interessam aos próprios pais.

Na primeira gravidez eu inchei muito. Segundo minha médica na época, na estreia da maternidade, o corpo da mulher aprende a ficar grávido, portanto pode inchar mesmo. A pressão continuava baixa então nada com o que se preocupar. Passei muito bem, sem enjôos, cólicas, sangramentos e etc.

Na segunda gravidez já inchei menos, porém mesmo assim engordei mais… Isso quer dizer que comi muito bem, obrigada. Novamente não enjoei e nem tive nenhum contratempo.

Na terceira gravidez também passei super bem. Mas sempre que completo seis meses de gravidez já me preparo para tirar a aliança e desta vez não foi diferente. Meu marido ficou meio emburrado e disse que ia tirar a dele também. Eu logo disse: “Fala sério amor, olha o tamanho da minha barriga, será que alguém vai achar que eu tô solteira?”. Acho que ele concordou, porque colocou a aliança de volta.

Já engordei bem mais do que nas outras vezes, desta vez será recorde. Juro que como tudo como manda o figurino: integrais, verduras, legumes, e tudo mais (claro que também como uns doces, afinal ninguém é de ferro!). O problema é que tenho MUITA fome! Pois é, depois volto a jogar volei, fazer ginástica e pronto.

O mais legal desta terceira gravidez e que sinto como se tivesse ganhado um bilhete premiado! Sempre soube que com certeza teríamos dois filhos porém o terceiro pra mim foi lucro total! Eu já tinha me preparado e me despedido de tudo de bebê… hoje tudo isso parece um sonho colorido!!!

Chorei quando fui escolher o quartinho do Francisco. achei que nunca mais fosse fazer isso. O mais legal foi escolher o enfeite da maternidade. Mandei fazer um banco com cinco bonecos: eu, o André, o Pedro, a Julia e o Francisco no meu colo. Escolhi um a um todos os detalhes das roupinhas de cada boneco, a cor dos cabelos e etc.

Senti como se estivesse novamente construindo minha própria história. Que coisa mais linda aquele banco cheio de gente! Nossa, que família grande! Caramba! Acho que foi a primeira vez que me dei conta como ficaríamos todos juntos. Seremos cinco!

Ai Francisco, mamãe está toda boba, ainda parece a primeira vez!

 

48 Comentários para “A terceira gravidez”

  1. Aline disse:

novembro 9, 2010 às 5:06 pm  (Editar)

Lindo, parabéns!!!! Já tenho 2 filhos, o Matheus de 8 anos e a Marina de 11 meses. Também penso muito em ter o terceiro, mas tenho que pensar em casa maior, carro maior, etc, mas é tão bonito, uma família grande… Curta cada momento, pq passa tudo tão rápido… Parabéns pela sua família…
Bjs mamãe Aline

  1. Tweets that mention BEBE.COM.BR Mãe de três » Blog Archive » A terceira gravidez — Topsy.com disse:

novembro 9, 2010 às 6:11 pm  (Editar)

[…] This post was mentioned on Twitter by Gisele Petit and Ana Beatriz Castro, Site do bebê. Site do bebê said: Constatações de uma grávida: fotos de ultrasom só interessam aos próprios pais http://abr.io/81E […]

  1. Tatiane disse:

novembro 9, 2010 às 7:03 pm  (Editar)

Oi Mayra,
é bom saber que depois a gente anima para ter mais, é a minha primeira gestação, mas foram tantos enjoos e tantas mudanças que confesso ainda estar assustada, apesar de ter seis meses de gestação. E vc, pelos primeiros posts imaginei que estava no inicio, afinal, esta com quantos meses?

  1. Marla disse:

novembro 9, 2010 às 8:41 pm  (Editar)

Olá, estou passando pela mesma experiencia, só com um detalhe meus filhos são menores a Laisa com 4 e o Felipe com 1 ano e 10 meses, estou um pouco preocupada com ele pois ele é muito ciumento, mas estou muito animada com a chegada do meu terceiro bebe (ainda não sei o sexo) estou gravida de 5 meses em março será a chegada do meu caçula, estou muito contente, graças as Deus… beijos espero que tenha um boa hora, fique com Deus…

  1. Sueli Miranda disse:

novembro 10, 2010 às 12:49 pm  (Editar)

Pois é Mayra, cada dia vejo como temos afinidades!

Acho que se chegar a ter o terceiro filho, tbm vou me sentir “marinheira de primeira viagem” afinal é tudo novo, de novo, rsss!

Sequer enferrugei da primeira gravidez e ainda me vejo perdida de vez em sempre.

Abç e Boa sorte para o Francisco e a sua Grande Família!

Ah! Meu outro neném é uma Menina!!!

  1. Roberta disse:

novembro 10, 2010 às 1:12 pm  (Editar)

Parabéns,também acho muito bonito a familia grande!!
é muito bom tmb ter este entusiasmo td!!
Minha filha completa 2 anos mes que vem,tmb gostaria de dar irmãos a ela,pois sabemos o quanto é importante,afinal sempre teremos com quem contar,mas asbe que ainda não mevejo começando td de novo!!

Quem sabe mas tarde eu tmb não me anime!!…mas sei lá!!

bjss a tds vcs!!

  1. Elaine Medeiros disse:

novembro 10, 2010 às 5:04 pm  (Editar)

Mayra, Graças a Deus alguém passa pela mesma situação.
Tenho duas meninas de doze e onze anos, e agora vem mais um ou mais uma.Me sinto marinheira de primeira viagem, tudo é novidade pra mim, afinal depois de tanto tempo, me esqueci de quase tudo. Desejo tudo de bom, pra você e sua família.
Beijos
Elaine Medeiros

  1. Luciana disse:

novembro 10, 2010 às 5:37 pm  (Editar)

Lindo seu relato!

Tenho dois, morro de vontade de ter mais um, mas ainda é cedo porque meu segundo está com 1a 2m.

Tenho que parar de ver seu blog porque senão você me assanha!!!

Beijão e parabéns pelo cuidado com seu terceiro, que muitas vezes nem decoração nem quartinho tem!

  1. Gigi disse:

novembro 11, 2010 às 1:00 am  (Editar)

Achei por acaso o teu blog e gostei muuuuuito dos posts. Tenho duas meninas, a Larissa de 6 anos e a Laís de 1, e estou com 5 meses da terceira gestação! Fico me perguntando como será? Ciúmes? Cuidar de três e ser família de cinco??? No começo do casamento há quase 8 anos, pensávamos em quatro filhos, depois da segunda, começamos a pensar melhor se partiríamos pra três, então, enquanto pensávamos, eu engravidei! Agora está sendo mais tranquilo, a única ansiedade é por saber o sexo do bebê, afinal a torcida tá grande por um menino, porém, acho mais fáci cuidar de “meninas”. No entanto, estou muito feliz com a chegada do novo membro e anciosa pra compartilhar a avalanche de emoções de gerar um terceiro bebê.

  1. Edilene stos almeida disse:

novembro 11, 2010 às 1:59 am  (Editar)

Mayara,muito legal seu relato,concordo com vc é muito gostoso o 3 filho,parece o primeiro,tive a minha terceira filha depois de 11 anos…minha vida esta MARAVILHOSA com a chegada da Manuela que agora esta com 4 meses,todos da familia estão babando,no começo é um grande susto(ainda mais qdo não se esta progamando)mas depois vem a parte boa …só de alegrias…
Desejo que vc e sua familia,desfrutem de muitas Felicidades assim como eu e minha familia estamos desfrutando aqui com a chegada da Manuela.Abraços….

  1. Roberta disse:

novembro 11, 2010 às 2:03 am  (Editar)

Que lindo seu relato! Imagino o quão lindo tb ficará o enfeite da porta. Qdo ficar pronto, posta pra gent ver! Bjs

  1. Liliam disse:

novembro 11, 2010 às 5:41 am  (Editar)

Olá, muito legal seu relato, quando vi a chamada “mae de tres”disse para o meu marido…”tenho que entrar”
Sabe demorei 9 anos para engravidar pela primeira vez… nao planejei e foi de surpresa… mas foi muito legal… a gravidez foi muito bem recebida… quando descobrimos que seria uma menina vibramos pois desde que namoravamos sempre brincavamos falando de nossa FILHA.. e ate nome ela tinha HELENINHA… finalmente nosso sonho se tornou real e Deus nos deu nosso anjo .. nossa pequena Heleninha… Sempre achei triste filho único… e pensavamos em ter outro filho(a) mas tbm nao planejamos nada… ate que um dia… estava eu gravida novamente… meu marido dizia… eu sempre kis ter uma filha… mas agora acharia bem bacana ter um menino… afinal já sei como é ser pai de menina… e .. seu desejo foi atendido…. HENRIQUE estava a caminho… preparamos muito nossa pequena princesa… afinal ela era a única criança da família e era muito paparicada por todos… mas ela reagiu super bem… a unica coisa é ke engravidou junto… rsrs.. da Luiza… e enquanto preparava as coisas do Henrique tive que preparar as da Luiza junto… mas foi muito legal… ela e eu curtimos cada momento juntas… e exatamente 3 anos depois do nascimento de Helena nasceu Henrique… ele foi seu presente de aniversário (e nao foi programado). O que foi dificil para ela foi ficar longe de mim… mas fiquei apenas 1 dia no hospital … implorei para sair e fui atendida… A.. o Henrique trouxe uma surpresa muito especial para a Helena… a Luiza… ele deu para a irmã uma bonequinha… afinal.. assim como o da mamae.. seu bebe nasceu… quando ela olhou para a boneca segurou no colo e a boneca abriu os olhos e falou com ela… as lágrimas rolaram de seus olhos… “mamae.. ela é de verdade… “foi e é ainda muito legal…. os dois se amam muito… um nao fica longe do outro… e para mim.. estava ótimo… 2 filhos… que legal… um casal… ganhei na loteria… meu marido ia fazer vazectomia.. mas acabou deixando pra depois… depois.. e nao fez… RESULTADO….
viajamos no final do ano… fomos com toda a família fazer um cruzeiro.. que foi maravilhoso… na volta.. eu e meu marido ficamos muito doentes.. com uma gripe muito forte… terrivel… acabei no pronto socorro… e para minha surpresa.. descobri o inesperado… diria ate impossivel…
É é isso mesmo ke vc esta pensando….
EU ESTAVA GRAVIDA….!!!!!!!!! mas como?? ate os 6 meses o Henrique só mamou no peito… eu tomava anticonsepcional, e desde seu nascimento sequer havia menstruado….
pois é…. mas vc esta surpresa??? entao sente!!
alem de estar gravida e como disse o médico MUITO GRAVIDA!! adivinha de quantos meses eu estava???
SETE (VINTE E SETE SEMANAS) menina… eu vou falar a verdade… eu chorei… e nao foi de alegria nao… foi de susto.. de medo… de surpresa…. imagina minha situaçao… com uma menininha pequena e um bebe… e agora esperando outro bebe….
o legal é que no meu primeiro ultra… já pude ver o sexo… o ruim é ke minha gravidez era considerada de risco.. pois era muito proxima da anterior.. eu ainda nao tinha cicatrizaçao.. e corria o risco de rompimento uterino…
pensei… NAO.. DEUS NAO VAI FAZER ISSO COMIGO… SE ELE ME MANDOU UM BEBE.. NAO VAI DEIXAR KE NADA DE MAL NOS ACONTEÇA….
E… dois meses depois do Henrique completar 1 aninho e a Helena 4, nasceu o Heitor se antecipoiu um pouquinho e adivinha o dia que nasceu??? dia 12 de abril – naquele ano.. domingo de páscoa…
com certeza o nascimento dos irmãos foi marcante para Helena, o primeiro no dia do seu aniversário – como ela sempre diz.. foi seu melhor presente… e o outro foi seu ovinho de páscoa… foi muito legal… nossa como 1 ano na vida de uma criança faz diferença… ela é totalmente maezona do Heitor… sempre me diz..”mamae.. eu nao kero ke ele cresça nunca… kero ke ele fike sempre assim… quando eu crescer e for morar em outra casa… vc deixa ele ir comigo??” eu rio muito e digo… filha … se ele kiser ir.. ele vai… afinal ele vai ser tao grande quanto vc…
Bem concluindo… foi uma surpresa… uma linda e abençoada surpresa… as vezes eles me deixam louca… tenho vontade de fugir… rsrsrs… mas nao consigo imaginar minha vida sem eles… Eles se amam muito e estao sempre juntos… as vezes brigam.. é claro… mas na maioria das vezes estao brincando e cuidando um do outro… é muito bonito quando alguem da alguma coisa para um deles… ele ja pergunta.. “e o mano?? e a mana?? se nao tiver nada para os irmaos .. eles dao o seu… isso é muito lindo…. tenho vontade de chorar… e sempre peço a Deus.. que eles sejam sempre assim… ke estejam sempre juntos… unidos.. amigos….
Bem acho que ja falei demais…
Mas boa sorte com seu novo bebe , que vcs 5 sejam muito felizes… uma coisa te garanto… qualquer coisa será motivo para festa… e eles nunca estarao sozinhos…
minha filha ja escreveu 3 livros… o último ainda estamos terminando de ilustrar… e fala de como é ter um irmão.. nao sei se ela se tocou que estava falando nela… os nomes dos personagens são outros… mas a historia é a dela… sem dúvida…
me mande seu e-mail assim que estiver concluido mando uma cópia para vc.
Hoje a Helena tem 5 anos (04/02/2005) o Henrique 2 anos (04/02/2008) e o Heitor 1 ano (12/04/2009)
bjs
adorei sua historia.

  1. Viviane disse:

novembro 11, 2010 às 10:11 am  (Editar)

Ola
Adorei seu post e me idenfifiquei muito com ele!!!
Estou grávida de minha segunda filha e tb sinto todas as emoçoes da primeira, com a vantagem da experiencia!!!!Estou achando tudo simplesmente MARAVILHOSO!!! e se Deus quiser, daqui há uns dois anos, estarei grávida do terceiro!!! AMo familia grande!!!!!!bjus

  1. Bárbara (mais velha aqui!!!) disse:

novembro 11, 2010 às 12:00 pm  (Editar)

Deve ser uma delicia mesmo, pq o meu segundo já foi tudo de bom!!!
Bjs….

  1. Andrea disse:

novembro 11, 2010 às 1:46 pm  (Editar)

Parabéns pela linda familia!
Foi muito bom ler o seu relato… Tenho dois filhos maravilhosos e ainda planejamos o terceiro…
Acho que a sensação na terceira gravidez será bem parecida com a sua…
Obrigada por compartilhar isso com a gente!
Deus abençoe vcs…

  1. Maria Cecília disse:

novembro 11, 2010 às 1:52 pm  (Editar)

Olá,
Rs, meu terceiro bebê veio duplicado!rsrsrs E depois ainda ganhei “um 5º” de surpresa! ou seja somos uma GRANDEEE familía de 7! E td anda bem agora…ou seja…VALEU A PENA! Mas demorei a me “acostumar” com o tamanho da minha família e co alguns coments maldosos…nossa!

Abçs e parabéns!

  1. Amanda disse:

novembro 11, 2010 às 2:34 pm  (Editar)

Mayra, tenho acompanhado seus relatos e adoro … Tenho duas filhas pequenas (Sabrina de 3 anos e Marina de 5 meses). Pra mim 2 é bom, mas meu marido quer familia grande e diz que 3 filhos é perfeito. Com seus depoimentos tenho pensado bastante na possibilidade, mas a idéia que mais me agrada é ADOTAR este terceiro (a) membro do familia.
Continuarei te acompanhando e desejando sucesso para você.
Beijos
Amanda (ainda em pânico com a idéia.. rs)

  1. Tatiane Holiver disse:

novembro 11, 2010 às 4:39 pm  (Editar)

Olá Mayra

Aproveita esta fase gostosa de comprar as coisinhas do baby, com certeza é tudo como se fosse pela primeira vez, pq eu tive a minha segunda bebê há 1 ano e me senti uma mamãe de primeira viagem, tudo mudou, nós mudamos muito, mas não deixa de ser cansativo em todas as idades rsrs.
Bjs e boa sorte !!!

  1. Elka disse:

novembro 11, 2010 às 7:41 pm  (Editar)

Lendo seu relato me deu até vontade de tentar um terceiro… rsrs quem sabe?!
Bjs

  1. Edna disse:

novembro 11, 2010 às 10:24 pm  (Editar)

Olá Mayra
Meus parabens
Eu também tinha certeza de ser mãe de dois hoje sou mãe de tres, e foi assim como vc. O ca;ula tem quase 3 anos e saiu das fraudas a pouco tempo.
Mas fique tranquila o terceiro é muito mais facil e tranquilo .
Tudo de bom beijos Edna

  1. Lilian disse:

novembro 11, 2010 às 10:25 pm  (Editar)

Que familia linda! Deus continue abençoando!
Eu tenho um filho de 12 anos e agora estou grávida de 8 semanas. Para minha surpresa meu filho Gusthavo ficou muito feliz com a chegada de um tão esperado irmão!
A familia toda tá muito feliz, amigos também, é muito gostoso vivenciar esta benção!
Beijos e boa sorte para você!

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:24 am  (Editar)

Eba Edna, fiquei animada! beijo,

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:25 am  (Editar)

Pois é Elka, esta pulguinha atrás da orelha…

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:25 am  (Editar)

Parabéns Lilian, muita saúde pro bebê!

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:26 am  (Editar)

Obrigada Aline, eu também acho lindo família grande! beijo,

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:27 am  (Editar)

Oi, estou de 29 semanas.
A parte boa a gente nunca esquece, já a ruim confesso que já não lembro mais… memória curta e seletiva! beijo,

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:27 am  (Editar)

Gente Maria, como você foi rápida!!!! Boa sorte! beijo,

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:28 am  (Editar)

Gigi, a terceira gravidez está sendo muito gostosa, sem ansiedade, estou super feliz! Tudo de bom pra vc também. beijo,

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:29 am  (Editar)

Obrigada Edilene pelo carinho! beijo,

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:32 am  (Editar)

Liliam, que linda a sua história! Fiquei arrepiada!!!
Parabéns pelos seus 3 filhotes, eles eram para ser seus mesmo! Você deve ser uma maezona.
Mande mais notícias, eu vou adorar! Meu email é mayra@dedodemoca.net
beijo,

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:33 am  (Editar)

Legal Viviane, boa sorte!

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:33 am  (Editar)

Obrigada Andrea, beijo!

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:33 am  (Editar)

Sim, está sendo demais! beijo!

  1. mayra disse:

novembro 12, 2010 às 1:34 am  (Editar)

Nossa Maria Cecília, que ânimo! Vou precisar de conselhos de uma mãe mais experiente! beijo,

  1. Sandra disse:

novembro 12, 2010 às 9:53 am  (Editar)

Ola Mayra, me apaixonei pela sua historia… Eu tenho 2 filhos o Igor Alexandre de 7 anos e a Aiyra Nicolle de 11 meses, meu marido (que é filho unico) ja pensa em encomendar o 3º diz que a familia dele é muito pequena (mãe, tia e avo)e por isso queria ter 4 filhos, demorei, mas o convenci a diminuir p/ 3… mas sinceramente acho que nao estou preparada as vezes sinto vontade de engravidar novamente agora, pois a criação sera mais facil (os menores quase com a mesma idade)… mas qdo penso no trabalho… fico confusa. Nesta sua fase familiar o que me aconselharia? Enfim, quero lhe desejar parabens, que Deus abençoe vc e sua linda familia de 5… e quem sabe um dia eu nao venha relatar que estou a esperar o 3º filho(a) rsrsrsrsrs.

  1. Kátia Bizan disse:

novembro 12, 2010 às 2:49 pm  (Editar)

Lindo o seu post Mayra!!!

É muito legal ter bastante gente em casa mesmo!!! Eu estou adorando!!!

O enfeite da maternidade eu tbém fiz nós cinco sentados juntos e AMEI!!!

Família é tudo de bom!!

Obs.: Chorei com o relato da Liliam!! Deus é maravilhoso e faz tudo dar certo e muitas vezes sem explicação né?

Bjus!!

  1. mayra disse:

novembro 13, 2010 às 6:05 pm  (Editar)

Sandra, vou ser um pouco feminista, acho que mais do que o seu marido você tem que estar 100./. convencida!
A vida da mulher muda muito mais se eu fosse vc esperaria estar bem segura! Nada melhor que estar louca pra ter mais um! Beijo,

  1. Samara disse:

novembro 19, 2010 às 5:45 pm  (Editar)

Oi Mayra
Amei seus posts!
Também tenho 3 filhotes…rsrsr… tenho só 26 anos.
Aos 17 tive o Gabriel, hoje com 9 anos, aos 22 tive o Miguel, com 4 anos, e aos 24 tive o João, hj com 1 anos e 11 meses. Ter 3 é o máximo! Mas tem seus porém, pois o trabalho é triplicado, mas vale a pena! Meus planos eram só 2, mas aí veio o João de surpresa, e hj minha vida é mais intensa, mais emocionante! Que Deus te dê muita sabedoria e paciência, e que dê muita saúde e felicidade pra toda a sua família!!!

Um abraço da Família Vidal!

  1. mayra disse:

novembro 22, 2010 às 1:27 pm  (Editar)

Obrigada Samara, pra você também! beijo,

  1. diane disse:

novembro 26, 2010 às 2:27 pm  (Editar)

olá tenho dois meninos, e sonho com uma menininha, mas ainda estou em dúvidas em tentar a menina, poismeus meninos estão um com 15 anos o outro com 3, mas a vontade é grande de ter uma mocinha na casa, acho q ia ser bom para meu caçula ter com quem brincar, também acho lindo família grande, parabéns, espero que me um conselho,bjs

  1. mayra disse:

novembro 29, 2010 às 5:09 pm  (Editar)

Diane, um filho é uma decisão e tanto, você deve pensar bastante… eu acho ter os dois o máximo! beijo,

  1. Re disse:

dezembro 1, 2010 às 1:09 am  (Editar)

Mayra

Parabens!! ´E preciso muito coragem e ser um pouco insano atualmente ter 3 crianças. Eu sou do seu time tenho 3 pequenos duas meninas (7 e 5 anos) e a sete meses nasceu meu menininho. Venho de surpresa, foi dificil no inicio, porém hoje todos curtem o pequeninho. As meninas são apaixonadas por ele e me ajudam muito.

Bjs

  1. mayra disse:

dezembro 3, 2010 às 10:16 am  (Editar)

Que gostoso Re, não vejo a hora!

  1. neila silva disse:

fevereiro 21, 2011 às 6:40 pm  (Editar)

NOSSA Q HISTÓRIA BACANA ESTOU GRÁVIDA DE 12 SEMANAS MAS AINDA N CONTEI NEM P MEU MARIDO N QUERIA TER ESTE FILHO FOI UMA SURPRESA COMO O SEGUNDA POIS TENHO 33 ANOS UMA FILHA DE 15,UM DE 3 E AGORA DESCOBRO GRAVIDA NÃO SEI O Q FAZER POIS A DE 15 UM DIA DISSE SE ELA FICOU P DEPOIS COM O SEGUNDO IMAGINE SE TIVESSE O TERCEIRO ELA FICARIA LOUCA POIS N AGUENTA MAIS O DE 3 ANOS MAS AMA MUITO ELE FORA O MEU TRABALHO CUSTOS E ETC.
ME AJUDEM A TER CORAGEM DE CONTAR P TODOS.

  1. mayra disse:

fevereiro 22, 2011 às 1:45 pm  (Editar)

Puxa vida Neila, que situação! De qualquer maneira ele vai ter que saber, né? Imagino que você não fez sozinha… depois do susto ele deve entender! Boa sorte… beijo

  1. REGIANE disse:

maio 6, 2011 às 4:16 am  (Editar)

OLHA MENINAS CONFESSO QUE ESTOU UM POUCO ASSUSTADA,,POIS TENHO UMA MENINA DE 10 ANOS E UM MENINO DE 3 ANOS,,,QUE PRA MIM FOI UMA REALIZAÇAO TELOS EM MINHA VIDA ,,AINDA MAIS UM CASAL,,,,DESCOBRI HJ QUE ESTOU GRAVIDA OUTRA VEZ,,TENHO 34 ANOS E O BB DEVE NASCER QUANDO EU ESTIVER COMPLETANDO 35 EM DEZ,,,,CONFESSO QUE ESTOU ASSUSTADA,,,MAL CONSIGO TOMAR CONTA DA MINHA CASA SOZINHA,,CRIANÇAS FAZM BAGUNÇAS,,KKK
MAS SAO PRESENTES DO SENHOR,,,,E ESSE BB É PROMESSA DO SENHOR EM MINHA VIDA ,,JA QUE ESTAVAMOS EM CRISE,,QUASE NOS SEPARANDO,,,HJ MEU ESPOSO SE DIZ REALIZADO E COM NOSSO CASAMENTO RENOVADO E RESTAURADO PRA HONRA E GLORIA DO SENHOR!!!!DEUS ABENÇOE ,,OREM POR MIM!!!!!!!

  1. REGIANE disse:

maio 6, 2011 às 4:18 am  (Editar)

AMIGA ENTRE NO MEU ORKUT E ME MANDE UMA RESPOSTA SUA!!É O MEMSO DO MEU IMAIL!!!!BEIJAOO FLOR

  1. mayra disse:

maio 10, 2011 às 2:13 am  (Editar)

Boa sorte Regiane! beijo,


Comentários :

Comente

Primeiros dias em casa com o bebê

Por: Mayra A.

Nossa, que insegurança! Essa é a sensação mais viva que tenho na lembrança dos meus primeiros dias em casa com meu bebê. Como já disse, nunca tive muita intimidade com crianças e o Pedro foi o primeiro bebê que peguei no colo.

Como boa engenheira, eu anotava tudo que acontecia numa planilha de Excel: Quanto tempo dormiu, se estava assado, quanto tempo mamou em qual peito, se teve cólicas e etc. Tudo isso me deixava mais segura, pois poderia mostrar tudo ao pediatra, aprendendo finalmente a operar e dominar aquele ‘equipamento desconhecido’ (rs).

A primeira conclusão que tirei, bem rapidamente, foi que o meu filho jamais funcionaria como uma planilha de Excel. Basta descobrir uma maneira de fazer algo e comemorar feliz para no dia seguinte não funcionar mais.

A palavra correta é adaptabilidade… Dance conforme a música… É isso que aprendi logo no começo. Os filhos nos ensinam talvez mais que possamos ensinar a eles.

O primeiro banho, assim como todos até que o Pedro estivesse com três semanas não foram dados por mim. Eu tinha verdadeiro pavor. A tarefa ficou para minha mãe, que ficou me ajudando no apartamento alugado do meu prédio (já que eu estava morando em Nova Iorque ) por um mês e pelo meu marido. O André tinha medo zero e, apesar de não ter nenhuma prática, encarou aquilo com tal naturalidade que desde o começo já o fez super bem.

No dia que minha mãe foi embora, chorei de medo de dar banho no Pedro… E tive que encarar. Afinal, o André não ia chegar a tempo naquele dia. Foi difícil, mas ele não se afogou e eu sobrevivi.

 

8 Comentários para “Primeiros dias em casa com o bebê”

  1. Elis disse:

novembro 6, 2010 às 1:01 pm  (Editar)

srsrsrsr!meu primeiro bb ja foi ao contrario de vc,não deixei ninguem chegar perto eu dava banho cuidei do umbigo,axo sou mãe neurótica morria de ciumes,tinha medo que alguem machucase sei la!agente escuta cada história,beijokas fique com Deus.

  1. Flavia Mascani disse:

novembro 6, 2010 às 3:22 pm  (Editar)

Olá Mayra!
Acompanho seu blog e adoro!
Me identifico muito com que escreve, e isso é tão bom!
Tenho uma filha de 1 ano e 8 meses, a Laura. E quando vim com ela da maternidade senti exatamente a mesma coisa. Anotava tudo que ela fazia, o quanto mamava, o quanto dormia… E o banho era meu terror! Meu marido, como o seu, tirou tudo de letra e sem nunca ter pego um bebê deu o primeiro banho nela com toda segurança! Como eles conseguem, né? :O)
Fui aprendendo sozinha pois também morava (e moro até hoje) longe da minha família. Mas com o passar do tempo as coisas melhoram e todos se salvam!
Parabéns pelo blog, beijos.

  1. mayra disse:

novembro 6, 2010 às 9:01 pm  (Editar)

Oi Flavia, a gente aprende mesmo na prática, né? Acho que os maridos são menos encanados e acabam levando tudo mais leve. Sorte deles. Agora que estou no 3o acho que serei assim. beijo,

  1. Andréa disse:

novembro 8, 2010 às 12:11 pm  (Editar)

Oi Mayra,
Eu também sou engenheira e quando chego na pediatra com minhas tabelas ela ri de mim, hheheheh. Mas continuo anotando pelo menos quanto tempo ele dormiu, qual seio mamou e por quanto tempo e quantas fraldas eu troquei. Assim posso perceber se alguma coisa estiver errada…eu acho…heheheheh.
Eu também tinha muito medo de dar banho no Gabriel (e tenho até hj,heheheh) ele está com 2 meses e meio e é o pai que dá o banho todos os dias. No inicio tinha medo de fazer força por causa da cesárea e agora é por medo de não conseguir fazer tudo sozinha.
Por enquanto temos apenas o Gabriel mas sei que quero pelo menos mais um filho (acho que nao vamos chegar nos 3, mas quem sabe).
Estou adorando teu blog…Ah, e parabéns pelo Francisco.
Beijocas
Andréa & Gabriel

  1. mayra disse:

novembro 8, 2010 às 1:16 pm  (Editar)

Obrigada Andréa, é muito legal saber que todas temos nossas dificuldades. beijo,

  1. TALITA disse:

janeiro 11, 2011 às 7:23 pm  (Editar)

Ola mayra e a primeira vez que vejo seu blog e estarei acompanhando por que sei bem como e estou ja co tres filhos a Jullya de quase 7 anos o Victor de quase 5 e o Pedro de quase 3 e quase por que faz todos juntos ,e agora estou gravida do quarto filho ou filha entao me vejo bem no seu dia a dia kkkkk bjsssss.

  1. mayra disse:

janeiro 15, 2011 às 8:36 am  (Editar)

Nossa Talita, 4, que corajosa! Eu adoraria ter 4! Parabéns!

  1. Ursula disse:

fevereiro 2, 2011 às 2:18 pm  (Editar)

Oii Mayra…
Sei bem como é que dar banho sozinha no bebê logo no começo..
A Mahara é minha primeira filha e hoje quase morri do coração..
Ela se afogou na banheira..
Virei ela para lavar a costa e ela enfiou a cabecinha na agua..
Isso porque ela só tem 25 dias..
Como moro com meus pais,comecei a gritar minha mãe desesperada..
Mas graças a Deus ela desafogou e depois mamou olhando nos meu olhos como se estivesse me desculpando por ter deixado isso acontecer com ela..


Comentários :

Comente