Arquivo mensais:fevereiro 2011

Édipo

Por: Mayra A.

Acho uma delícia tanto a ligação que os meninos têm com a mãe, quanto a que as meninas têm com o pai.

O Pedro tem uma paixão e adoração por mim que é demais! Vou aproveitar cada dia, até ele crescer…

Esta semana consegui buscá-lo na escola. Ele me mostrou todas as classes, desde a primeira série até o colegial. Pedro estava todo pimpão, “se achando” ao mostrar as quadras, a biblioteca, etc.

Quando chegamos perto do colegial ele disse assim:

– “Aqui vou estudar quando for adolescente. E daí vou ter uma namorada.”

E eu:

– “Enquanto você não tem namorada, vai ficar só com a mamãe…”

E ele:

– “Mãe, vou ter uma namorada porque quero ter filhos. Mas pode deixar que ela vai ser linda que nem você!”  (rs).

Bendito seja o Édipo! E, quando o Pedro já estiver namorando, ainda vai restar o Francisco! Eba!

 

9 Comentários para “Édipo”

  1. Alexandra disse:

fevereiro 25, 2011 às 3:41 pm  (Editar)

Oi Mayra,

Os meus filhos são assim,o meu menino é grudadíssimo em mim,a minha menina é com o pai,é muito lindo essa relação,às vezes estou tão atarefada que meu menino me segue aonde quer que eu esteja,a minha menina,qdo fica doente,se machuca,só quer saber do meu colo,fica dengosa,mas eu amo muito tudo isso,no fim me sinto tão realizada,adora qdo dependem de mim,mas quero que cresçam,mas no fundo serão meus eternos bebês…kkkkkkk

bjos

  1. Aline (mãe de dois) disse:

fevereiro 25, 2011 às 6:02 pm  (Editar)

Oi Mayra, o meu menino é igual, lindo. Mas olha, as vezes tenho sentido que não estou dando a devida atenção a ele, depois que a menina nasceu, fico com dó, ele sempre diz que sou linda, que me ama…
Achei o Francisco bem parecido com o Pedro, naquela foto que vc postou. Parabéns, os 3 são lindos!!!
Acho que não tenho capacidade de me dividir para mais um, tenho pensado bastante nisso…
bjs

  1. Jennifer disse:

fevereiro 25, 2011 às 7:16 pm  (Editar)

Oi Mayra…
Pior é que assim mesmo… eu digo pior já que eu tenho 2 meninas… elas são grudadíssimas no pai, principalmente porque eu fico muito tempo fora, já que eu trabalho e estudo à noite, então ele passa grande parte do tempo com elas..
Acho que tudo muda depois que crescem, eu também era super grudada com meu pai, ainda sou, ele é meu amigão.. mas fiquei grudadinha com mamãe também, mas só depois que eu mesma me tornei uma…
Seus filhotes são lindos!!
Um grande beijo a vcs todos..

  1. Debora disse:

fevereiro 28, 2011 às 2:13 pm  (Editar)

Menina!!!
Que show… Esse Pedro…
Tenho dois meninos… e a relação com eles é a mesma… Adoro esta sensação!!!!
Bjs

  1. mayra disse:

março 1, 2011 às 7:53 pm  (Editar)

Alexandra, é sempre assim, temos os dois sentimentos, né? beijo,

  1. mayra disse:

março 1, 2011 às 7:54 pm  (Editar)

Aline, não é fácil, o dia fica corrido, mas tem sido uma delícia! beijo,

  1. mayra disse:

março 1, 2011 às 7:54 pm  (Editar)

Obrigada Jenifer, é isso mesmo, quando temos filhos começamos a entender e nos identificar mais nossas mães, né? beijo,

  1. mayra disse:

março 3, 2011 às 12:17 am  (Editar)

Muito né Debora??? Que gostoso. beijos,

  1. Dart disse:

março 4, 2011 às 1:06 am  (Editar)

Que lindo! Quem sabe agora terei minha vez com o Lucas (meu bebê), porque a Júlia (que tem 5 anos) venera o pai.


Comentários :

Comente

Revista Cidade Jardim – 02/11

Por: Mayra A.


Comentários :

Comente

Era digital para crianças

Por: Mayra A.

É impressionante o que a internet, os computadores, telefones e tablets em profusão mudaram a vida dos pequenos.

Muitas vezes fico a pensar se isso é bom ou não.

Lembro que ganhei de Natal meu primeiro computador (a ser dividido entre eu, meu irmão e meus pais) quando eu já era adolecente. Hoje, sou applemaníaca, mas não comecei quando pequena… Como será a vida de nossas crianças na idade adulta? O que será inventado?

Hoje me alarma o seguinte: as crianças tem linguagem de computador! Eles “selecionam” e “clicam” mesmo sem estar no computador.

Inacreditável uma criança de 4 anos mexer melhor que eu num mouse! A Julia fala: “Mamãe, já aprendi a entrar e jogar no ‘INSITE’ da Discovery Kids!” (rs)

O Pedro fala: “Mamãe, posso jogar seu celular?” Posso jogar Wii?” Tento limitar os dias e horários e até consigo.

O herói dele é o Mario Bros. Os desenhos dele na escola retratam muito frequentemente este italiano ultra-poderoso que destroe todos os “chefões”. Ok, cada um escolhe seu ídolo!

Eu adorava o Pica-pau e o Tom e Jerry. Aqueles sacanas. Nada de desenhos educativos! (Nesta parte, acho que os desenhos atuais estão mais apropriados.)

Claro que meus filhos brincam no parquinho, convidam amigos, vão ao clube, piscina e etc, mas os eletrônicos estão sempre muuuuuuito presentes.

O que fazer? De novo: procurar um meio-termo, né? E o melhor: promover brincadeiras que não envolvam esses trecos!

Boa sorte pra nós mães e pais…

 

6 Comentários para “Era digital para crianças”

  1. Alexandra disse:

fevereiro 22, 2011 às 3:46 pm  (Editar)

Oi Mayra,

Essa era da tecnologia,influencia em tudo,com certeza esse tema será abordado em todos os assuntos ligado a educação,escola,família,temos que ter realmente o meio termo,vc acredita que meus filhos já colocam o celular na posição de tirar foto,qdo vi,pensei,logo esses dois vão querer me ensinar a mexer nessas coisas,enfim vamos acompanhando tudo isso,mas sem esquecer que lá fora temos coisas lindas a ser descobertas.

bjos

  1. Aretusa Reis disse:

fevereiro 22, 2011 às 7:08 pm  (Editar)

Mayra,, você precisa ver minha filha de 2 anos e 3 meses mexendo no meu iPad, ela ta amando usa-ló!!
Mas nada de excessos, tem a hora de mexer nele!
Gosto mesmo eh de vê-lá brincando com os amiguinhos, correndo pra cima e pra baixo, ou mesmo fazendo comidinha pra todos os bonequinhos!

  1. Tweets that mention BEBE.COM.BR Mãe de três » Blog Archive » Era digital para crianças — Topsy.com disse:

fevereiro 22, 2011 às 7:35 pm  (Editar)

[…] This post was mentioned on Twitter by A Menor Casa Da Rua, Site do bebê. Site do bebê said: A criançada na era digital http://abr.io/OrD […]

  1. Tatiane Holiver disse:

fevereiro 22, 2011 às 8:41 pm  (Editar)

Olá Mayra

Quando eu era criança ainda era possível brincar na rua, ir na casa de amiguinhos que moravam próximos,pular corda, brincar de esconde-esconde, enfim… uma fase muito boa.
Hoje em dia parece que não existe mais isto, é tudo muito perigoso e as crianças vivem trancadas em suas casas e aptº só vendo tv e no computador. Ás vezes eu penso que quando o meu filho crescer a única lembrança que ele vai ter da infância dele é uma tela de computador. Resta a nós pais sair com eles para passear em parques, fazer alguns programas infantis. Eu acho que esta nova era tem o lado bom mas tbm tem o lado ruim, a internet é o mundo em nossas mãos e ao mesmo tempo tem os perigos do mundo virtual.
Beijos

  1. mayra disse:

fevereiro 24, 2011 às 12:44 am  (Editar)

Concordo Aretusa! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 24, 2011 às 12:45 am  (Editar)

Concordo completamente Tatiane! beijo,


Comentários :

Comente

A relação entre os três irmãos

Por: Mayra A.

Tanto a Julia como o Pedro estão suuuuuuuuuper delicados com o irmão caçula. É um tal de “fofuchinho” pra cá e “fofuchinho” pra lá. Às vezes, a Julia tem uns ciúmes súbitos e dá um apertão um pouco mais forte na bochecha do Francisco. Mas isso é o máximo que já aconteceu. E ele nem reclamou.

Eles querem pegar no colo o tempo todo e apertar. Ainda bem que o Francisco é bonzinho, pois está sendo esmagado todos os dias. Em algumas ocasiões, fico com dó e vejo que ele está desconfortável, mas normalmente o bebê não se importa. Já deve gostar e conhecer os irmãos!

A Julia deixou uma cadeirinha escondida atrás do trocador (“pro Pedro não pegar mãe!”) e, toda vez que vou trocar a fralda, ela sobe e fica olhando. Uma das vezes, insistiu para passar pomada e demorou mil horas… Adivinhem? Cocô nela! Cocô em mim! O melhor foi a reação dela:

– “Francisco, na minha cadeirinha não! Eca, que nojo! Ele sujou a minha cadeirinha!”.

Tive um acesso de riso e depois que Julia (e a cadeira!) estavam completamente limpas, ela também achou engraçado. Minha filha já repetiu essa história para várias pessoas.

O Pedro quer convidar todos os amigos da escola pra vir conhecer o Francisco aqui em casa e não vê a hora de eu poder levá-lo lá. Já expliquei que será depois da vacina. Ele está ansioso.

Uma outra coisa engraçada que está acontecendo é que o Pedro e a Julia estão ora disputando o Francisco, ora ficando ainda mais unidos. A introdução do terceiro elemento neste conjunto fez uma verdadeira revolução em todas as relações!

De negativo: a Julia está muito chorona e o Pedro está chateado que ainda não consegui ir buscá-lo na escola. A hora da saída (fim da tarde) é complicada por causa do banho e mamadas. Vou conseguir na semana que vem.

Eu sempre quis ter quatro filhos, mas estou achando que não vai sobrar nada pra ninguém… A sensação é os quatro: Pedro, Julia, Francisco e André (o marido) estão querendo sempre mais um pedacinho… Mãe é doce, né?

André, como sempre, com ciúmes da prole, acaba de passar por aqui e dizer:

– “Com três não sobra nada pro pai mesmo…” (rs)

Gente, vou lá conversar com o maridão, que é só o que posso fazer durante esta interminável quarentena!

Beijos e boa noite!

Já diria o Ronald Mc Donald: Amo muito tudo isso!!!

 

19 Comentários para “A relação entre os três irmãos”

  1. Patricia Abbondanza disse:

fevereiro 18, 2011 às 12:21 am  (Editar)

Ma, adorei o post! To louca pra ver os tres juntos!!! Bjs

  1. mayra disse:

fevereiro 18, 2011 às 12:32 am  (Editar)

Eles estão o máximo! Vou colocar agora mesmo uma foto! beijo,

  1. Roberta disse:

fevereiro 18, 2011 às 12:17 pm  (Editar)

Lindos!!!
Parabéns vc esta se saindo muito bem e as crianças tmb!!
Mae carinhosa e dedicada!!

Bjss a td familia!!

  1. Michelly disse:

fevereiro 18, 2011 às 1:24 pm  (Editar)

Parabens Mayra!!!

Gosto de ler seus posts porque vc é muito pratica!
Quanta disposição hein? Mas deve ser delicioso uma casa com três crianças lindas e ainda todos se dando bem!

Bjos á todo a Familia!!!

  1. Tweets that mention BEBE.COM.BR Mãe de três » Blog Archive » A relação entre os três irmãos — Topsy.com disse:

fevereiro 18, 2011 às 2:11 pm  (Editar)

[…] This post was mentioned on Twitter by Escola Virtual , Site do bebê. Site do bebê said: A blogueira Mayra conta de forma divertida como está a relação dos irmãos com o recém chegado http://abr.io/OK6 […]

  1. Alexandra disse:

fevereiro 18, 2011 às 2:19 pm  (Editar)

Mayra,

ESTÃO LINDOS,LINDOS E LINDOS E FOFUCHOS…

BJOS

  1. Tatiane Holiver disse:

fevereiro 18, 2011 às 3:13 pm  (Editar)

Mayra

Que bom que os seus filhos estão curtindo a chegada do irmãozinho, é lindo esta harmonia entre eles.
Parabéns pela linda família
E o maridão, este vira e mexe fica de lado, não tem jeito rsrs.
Adoro o se blog… beijos mil

  1. mayra disse:

fevereiro 18, 2011 às 5:25 pm  (Editar)

Obrigada Roberta, Michelly, Alexandra e Tatiane!!! beijos e bom final de semana

  1. lelia disse:

fevereiro 18, 2011 às 10:43 pm  (Editar)

eu vou começar a passar por isso pois estou esperando minha terceira filha,tenho a mais velha de 11 anos uma de 3 anos e agora estou esperando maria clara ..bjsssss

  1. mayra disse:

fevereiro 20, 2011 às 3:57 pm  (Editar)

Que legal Lelia, boa sorte!

  1. aline disse:

fevereiro 20, 2011 às 5:58 pm  (Editar)

Eu tb estou indo rumo ao terceiro filho tenho um menino de 10 anos e uma menina de 4 anos,nem sei como vai ser ,sei que o maior ja passou por isso e tirou de letra agora a minha pqna de 4 anos ela tenho certeza que vai dar trabalho ela é muito manhosa sabe,um pouco mimada e ja sinto que ela tem ciumes do irmãozinho que esta chegando ,pra ser sincera as vezes me assusto um pouco achando que não vou saber lidar com isso que não vou dar conta do recado ,mais seja o que deus quiser bjos a todas…

  1. Mariana disse:

fevereiro 20, 2011 às 11:52 pm  (Editar)

Oiii…minha primeira vez aq e adorei seu post!!
Sonho em ter mais filhos, (no momento só tenho uma de 9 meses) e adorei saber do carinho dos mais velhos com o pqno recem chegado!! Fico mais animada em continuar com o sonho de familia gde!
Bjuu

  1. Iara Bezerra Machado Pires disse:

fevereiro 21, 2011 às 3:43 pm  (Editar)

Eita daqui a alguns meses também serei mãe de três…Já começo imaginar a bagunça e o ciúme…!Lindo trio o seu parabéns!

  1. Iara Bezerra Machado Pires disse:

fevereiro 21, 2011 às 3:50 pm  (Editar)

Eita daqui a alguns meses serei eu-mãe de três-Quando imagino fico louca de vontade que chegue logo…! Lindo trio parabéns!

  1. mayra disse:

fevereiro 22, 2011 às 1:46 pm  (Editar)

Que legal Iara, mande notícias!

  1. mayra disse:

fevereiro 22, 2011 às 1:47 pm  (Editar)

Mariana, dá trabalho mas vale muito a pena! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 22, 2011 às 1:53 pm  (Editar)

Aline, a minha menor que também tem 4 anos está bem manhosa e chorona sim, mas está muito feliz com o irmão! Segundo meu pediatra o melhor presente que podemos dar para nossos filhos é um irmão! Tenho certeza que vc saberá o que fazer… e se não souber também tudo bem… tudo passa tão rápido! beijo,

  1. Debora disse:

maio 20, 2011 às 12:18 pm  (Editar)

Oi Mayra, tambem tenho trës ferinhas de personalidades com pletamente diferentes. A Anna Luiza,10 anos, geniosa decidida e, como a maioria das mulheres, mandona. O Felipe,
timido,meigo e muito explosivo quando irritado. O Gustavo, o maluquino da casa com seus 4 anos,alegre, brincalhao e muito dificil de “domar”.
Conseguir estabelecer uma relaçao de amizade, confiança e respeito entre eles que possa ser levada para a idade adulta é nosso grande desafio mas confesso que exige muuuuita paciência e mudanças frequentes de estratégia afinal, aprendemos, nesse caso, com erros e acertos.

  1. mayra disse:

maio 23, 2011 às 2:12 am  (Editar)

Obrigada pela dica Debora, acho que é isso mesmo, dançar conforme a música… Parabéns pelos seus três! beijo,


Comentários :1

Comente

Temaki de bebê

Por: Mayra A.

O Pedro e a Julia nasceram no frio.

Eu amei a idéia de enrolá-los num cueiro. Deixava eles quentinhos e calminhos, como se estivessem no útero.

Era só colocar no berço e..paf! Eles caíam dormindo.

E agora o Francisco com esse calor?

Impossível fazer o temaki de bebê. Ele morreria assado!

Como fazer pra ele parar de mexer as perninhas e braços e ficar se auto-acordando cada vez que coloco ele sonolento no berço?

O que eu tenho feito é pegá-lo no colo, segurar os bracinhos até ele acalmar e colocá-lo de volta pra dormir.

Fomos para praia neste final de semana e estava tão calor que o Francisco só queria mamar… Acho que deu muita sede. E eu morrendo de calor com aquele bebê no peito o tempo todo. Quase fiquei desidratada!

A vantagem de bebê no calor é a hora do banho, sem pressa pra nada… Pode demorar, pode brincar, pode se distrair, pode vestir devagar, fazer massagem… Pode tudo!

Tudo tem dois lados, né? Mas eu, sinceramente, prefiro ter filho no frio!

 

6 Comentários para “Temaki de bebê”

  1. Roberta disse:

fevereiro 17, 2011 às 11:28 am  (Editar)

Realmente…Minha filha nasceu no calor,ate então achava ótimo mas foi terrivel,a criança fica desinquieta,nossa foi uma luta!!

Chic em,deste tamaninho na praia!!

bjsss

  1. mayra disse:

fevereiro 17, 2011 às 11:29 pm  (Editar)

Pois é Roberta, acabamos indo pra praia mais pelos dois mais velhos que estavam louco pra ir!
beijo,

  1. Eliza Sakamoto disse:

fevereiro 18, 2011 às 7:10 pm  (Editar)

Oi Mayra, adoro o seu blog. Tive o meu segundo menininho agora em janeiro e o primeiro em maio, no frio…. Mas eu prefiro o calor, nós sofremos muito no frio com as visitas sem noção trazendo resfriado!
Um beijo!!

  1. mayra disse:

fevereiro 20, 2011 às 3:57 pm  (Editar)

Hahahaha, é verdade Eliza, tem a questão do resfriado! beijo,

  1. Vivian disse:

fevereiro 22, 2011 às 11:58 am  (Editar)

Oi Mayra, minha filha nasceu no começo de abril de 2009 e estava um calorzão na época. Ela não ficava no berço nem por um decreto. Foi então que uma psicóloga me ensinou a fazer dois rolinhos (pode ser com os cueiros mesmo) e colocar a bebe de lado no meio. Ela se sentiu protegida e ficou bem calminha e aderiu ao berço numa boa… Alias, até hoje só dorme no berço… Um abraço e tudo de bom!

  1. mayra disse:

fevereiro 22, 2011 às 1:44 pm  (Editar)

Oi Vivian, fico com medo de colocar de lado… meu pediatra disse que o mais seguro é de costas… e agora??? beijo,


Comentários :

Comente

Amamentando

Por: Mayra A.

(* Francisco, ainda na maternidade)

Quando engravidei do Pedro, meu primeiro, li vários livros sobre bebês.

Um deles, dizia o seguinte: “Se estiver decidida a amamentar, a mãe tem que se comprometer, sem desistir, durante duas semanas.”

Concordo muito. Durante as primeiras duas semanas do primeiro filho não sabemos nada. O peito dói (essa parte se repete nos filhos seguintes), o bebê não pega direito, não sabemos segurar, demora, cansa e não podemos comer certas coisas, porque dão cólica no bebê. E temos nossa vida regrada pelos horários das mamadas!

Depois de 15 dias, o peito já está calejado e as mamadas são mais rápidas. Já nos entendemos com nosso bebê, sabemos as melhores posições e o melhor de tudo: ele começa a nos olhar e nos dar a mãozinha enquanto mama. Parece que está agradecendo!

Tem mães que não conseguem ou não podem amamentar. Claro que não é o fim do mundo, mas mesmo a essas sugiro que tentem manter o ritual de alimentar os filhos na mamadeira. Passa rápido e não volta mais.

Eu, particularmente, AMO dar de mamar. Nunca reclamei de acordar durante a noite: cansa, mas é muito gostosinho aquele momento a dois no escurinho.

Tudo bem, ficar sem chocolate, café, chá, álcool e refrigerante não é legal. Não poder sair por mais de duas horas também não. Mas é uma fase! Uma fase em que o bebê se aninha e precisa só do seu peito. Não tem contato mais íntimo e mais insubstituível.

De todas as dicas que já ouvi e usei acho que essas são as melhores:

– Visitar regularmente o pediatra. Quando pesamos o bebê e sabemos que está engordando, ficamos seguras de que o bebê está mamando bem. Digo isso porque as mães que amamentam no peito nunca sabem quanto o bebê mamou (não dá pra ver, como na mamadeira!) e toda vez que o bebê está desconfortável — o que pode ser por calor, frio, xixi, cocô, dor de barriga, sono ou outros mil motivos — tendem a achar que o bebê está com fome. O maior erro da amamentação, na minha opinião, é colocar o bebê no peito pra mamar o dia todo. Desta maneira ele faz apenas vários ‘aperitivos’ e nunca fica satisfeito. Ao mesmo tempo, a mamãe não tem tempo de produzir bastante leite e ficar com o ‘peito cheio’ para a próxima mamada, o bebê tem mais chance de ter cólica e todos ficam estressados com as mamadas que emendam umas nas outras.

– Tirando a primeira semana que o bebê mama mais, a partir desta data eu sempre dou um intervalo de duas a quatro horas entre o começo de uma mamada e o começo da próxima. Nunca menos de duas horas e nunca mais de quatro horas (* durante o dia).

– Durante a noite, se ele dormir por mais de quatro horas, o deixo dormir e não acordo. Se o peito estiver muito cheio, tiro um pouco de leite com a bombinha. Mas deixo o bebê dormir sossegado!

– Quando seguro o bebê para mamar sempre coloco a barriguinha dele voltada para a minha. A maioria das pessoas tem a tendência de deixar o rostinho do bebê virado para o peito, mas a barriguinha dele virada pra cima. Li em alguns livros que esta posição não é boa pra ele, porque mama com a cabecinha virada e fica difícil engolir.

– A pegada correta na mama é quando o bebê está com a boca bem aberta. Se ele pega só o biquinho, não mama direito e machuca o peito da mãe. Muitas vezes, quando o bebê começa a mamar, eu puxo um pouquinho o lábio inferior dele, deslizando para baixo para que ele ‘abocanhe’ melhor o peito.

– Sempre dou os dois peitos em cada mamada, sendo que o primeiro que dou é o que ele mamou por último na mamada anterior. Explico: o começo da mamada num peito é mais aguado e o final mais gorduroso. O leite mais gorduroso é o que sustenta mais, se ficarmos sempre dando o peito mais cheio ele sempre estará mamando o leite mais aguado.

– Nas mamadas que queremos que o bebê durma: trocar a fralda entre um peito e outro, para que o bebê adormeça no segundo peito. Nas mamadas que queremos que ele fique mais acordadinho: trocar depois do segundo peito.

– Fazer o bebê arrotar no final da mamada, antes de deitá-lo, para ele não regurgitar ou ficar com soluço. Mesmo depois de arrotar é bom segurá-lo por alguns minutos numa posição mais vertical.

– Tomar dois a três litros de água por dia.

Bom, acho que é isso.

Contando um pouco sobre o Francisco:

– Durante o dia: quando dorme entre as mamadas acordo ele para mamar depois de quatro horas da última. Quando fica acordado entre as mamadas logo começa a querer abocanhar algo, dou uma enrolada com a chupeta e dou de mamar depois de duas a três horas da mamada anterior.

– Durante a noite: normalmente ele dorme e mama de quatro em quatro horas e as vezes estica até seis direto! Quando está desmaiado de sono coloco pra dormir no berço e, durante a noite, quando Francisco não está muito a fim de dormir coloco no carrinho, que é menorzinho e mais fechado. Ele adora e dorme mais fácil.

Beijos a todas e boa sorte!

Outros posts:

« Hormônios aos 6 anos? (Rs)

Temaki de bebê »

29 Comentários para “Amamentando”

  1. Tatiane Holiver disse:

fevereiro 11, 2011 às 1:30 pm  (Editar)

Olá Mayra

Como o Francisco é lindo, bem cabeludo hein…
Eu acho lindo o ato de amamentar, tenho 2 filhos o Bruno de 10 anos e a Letícia de 1 ano e 4 meses.
A amamentação do Bruno foi super tranquila, eu tinha muito leite, o seio não rachou e foi um momento prazeroso.
Agora da Letícia foi bem diferente, o leite era pouco e acabou secando quando ela tinha 4 meses, o seio rachou e dóia muito, enfim…eu não consegui amamentar com prazer.
Que bom que com vc está dando tudo certo.
Beijos

  1. Roberta disse:

fevereiro 11, 2011 às 2:48 pm  (Editar)

Realmente o Francisco é muito fofo!!
Também adorei amamentar,embora seje muito cansativo!!
Minha filha tem 2a2m e ainda não consegui tirar o opeito,uffa!!
Tem alguma dica??

boa sorte e bjss

  1. Junia disse:

fevereiro 11, 2011 às 3:01 pm  (Editar)

Querida, seu Francisco é lindinho!! Adorei o post pq estou na 38ª semana e uma das minhas preocupações é a amamentação no comecinho de vida do bebê…esclareceu mto viu? Obrigada! Beijos!

  1. mayra disse:

fevereiro 11, 2011 às 4:02 pm  (Editar)

Que bom Junia, fico feliz! Boa sorte com o seu/sua! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 11, 2011 às 4:03 pm  (Editar)

Nossa Roberta, você deve estar bem cansada! A dica pra tirar do peito é pedir pra outra pessoa dar a mamadeira, se for você vai ser impossível não dar o peito! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 11, 2011 às 4:04 pm  (Editar)

Que legal Tatiane, cada filho é diferente… a Julia quando comecei a completar (4 meses) ela nunca mais quis o peito, já o Pedro não se importou e continuou mamando peito/mamadeira até os 6 meses.
beijo,

  1. Aline (mãe de dois) disse:

fevereiro 11, 2011 às 4:35 pm  (Editar)

Parabéns!!! Ele é lindo…
A amamentação forma um elo que dura pra vida inteira, faz um bem danado para mamãe e bebe. Meu primeiro de 8 anos mamou até os 2 anos, e agora, a segunda está com 15 meses e mama também, pretendo amamenta-la até os 2. É tão bom, ela tem um carinho tão grande pelo peito, é tão gratificante…
As dicas estão corretissimas, sou nutricionista e é isso aí!
Valeu! Bjs, Aline

  1. kelly e Yago disse:

fevereiro 11, 2011 às 4:48 pm  (Editar)

È parabéns …..fico feliz de encontrar pessas assim como voce…eu também tenho 3 filhos uma de 24 uma de 7 e o meu principe de 2 anos que mamou até 1 aninho…e usou fraldas até 1 ano e 11 meses..tudo maravilhoso…mas tudo isso requer muita pratica e paciência…
visite-nos http://www.kellycristina.bebeblog.com.br

  1. kaci disse:

fevereiro 11, 2011 às 5:12 pm  (Editar)

Ai que delicia !
Vc explica tudo tão certinho!
Dá vontade de ter um bebezinho pra amamentar outra vez.
Pena que meu bebe nasceu a dois anos atras, e todas essas informaçães preciosas não estavam tão explicadinhas como estão aqui!
Parabens pelo bebe fofo!

  1. Tweets that mention BEBE.COM.BR Mãe de três » Blog Archive » Amamentando — Topsy.com disse:

fevereiro 11, 2011 às 6:22 pm  (Editar)

[…] This post was mentioned on Twitter by Rozenlândia Baby and Gra_donatone, Site do bebê. Site do bebê said: A blogueira Mayra está amamentando e dá muitas dicas valiosas! http://abr.io/NRy […]

  1. Alexandra disse:

fevereiro 11, 2011 às 9:50 pm  (Editar)

Oi Mayra,

Que lindo o Francisco,é muito bonito amamentar né.Eu amamentei os meus gêmeos até 1 ano e 1 mês,eles mesmo é que decidiram largar,confesso que me doeu,qdo eu oferecia e eles balançavam a cabeça dizendo não,mas depois me conformei.

bjos

  1. Thamara disse:

fevereiro 13, 2011 às 11:59 pm  (Editar)

Parabéns pelo seu bebê, ele é fofo!!! Tenho uma filha de 3 anos e estou grávida do segundo, que deve chegar no final de abril. Eu também AMAVA amamentar e não tive nenhum problema, meu seio não rachou (segui a orientação de tomar sol no seio, e agora estou repetindo). Quando li seu post lembrei da minha experiência … parece que tivemos as mesmas orientações, foi tudo muito parecido. A Laura aos 3 meses parou de mamar durante a madrugada, mamava tipo meia noite e dormia direto até 6h ou 7h … claro que eu deixava …
Ela mamou exclusivamente no peito até os 6 meses, voltei a trabalhar quando ela tinha 4 meses e meio, mas eu tirava o leite durante o dia e congelava e ela mamava no peito de manhã e à noite. Aos 6 meses começou com frutas, depois papinha, etc … mas continuou mamando no peito até 10 meses, quando resolveu largar. Espero repetir a boa experiência com o Rafael, afinal amamentar é bom demais!

  1. Bárbara Murayama disse:

fevereiro 14, 2011 às 12:21 am  (Editar)

Parabéns pelos filhos e pelo aleitamento. Estou com o meu Pedro de 21 dias hoje e confesso que, apesar de ser obstetra e saber um pouco da teoria e prática com minhas pacientes, estou tendo dificuldades. Mas o mais importante é não desistir e procurar ajuda sempre que achar necessário.Existem muitas consultoras de aleitamento que podem ajudar nas horas que dá vontade de desistir. A dica do pediatra é ótima mesmo!
Vou colocar o link do seu blog no meu http://barbaramurayama.blogspot.com/, ok?
Abraços e tudo de bom!

  1. Inês disse:

fevereiro 14, 2011 às 10:07 am  (Editar)

Mayra,

Esse bebê é muito bonzinho! Que bênção! Mas nem todos são assim… a minha mais nova não pegou chupeta e mamava muito! No primeiro mês, eu dava o peito de 2 em 2 horas, inclusive à noite, e ela chorava toda hora. O pediatra verificou que ela não tinha ganho muito peso, e pediu para complementar com 1 mamadeira antes de dormir. Fiquei chateada, mas a mamadeira ajudou para que meu peito enchesse mais e assim espaçasse as mamadas. No segundo mês, fui intercalando com a mamadeira, e ela continuou gostando muito do peito, consegui amamentá-la até os 11 meses.
Bjs

  1. majoy disse:

fevereiro 14, 2011 às 2:30 pm  (Editar)

Sou mãe da Mayra e me sinto muito orgulhosa pela forma que ela cuida dos tres!!!!!! Quando pequena ,suas brincadeiras prediletas eram ao ar livre ,esportes etc…não gostava muito de brincar com bonecas ..e olha que mudança!!!! Hoje ela é uma mãe super legal ,que ama estar com sua família e faz tudo com carinho e dedicação!!!! Parabéns minha linda , vc realmente se superou a cada dia ,sempre muito interessada em perguntar pra os mais experientes ou ler em livros dicas que fizessem com que suas atitudes fossem mais corretas e que trouxessem bem estar aos pequenos ..te admiro muitoooooo!!! Beijão da MAMIS

  1. Sueli Miranda disse:

fevereiro 14, 2011 às 2:56 pm  (Editar)

Mayra o Francisco é uma benção!!!

Lindo e bonzinho!

As suas dicas de amamentação estão corretíssimas! Se eu tivesse tido essas orientações quando meu Ariel nasceu, eu não teria sofrido tanto nos dois primeiros meses… Deu tanta saudade ver você amamentando o Francisco! O meu pequeno mamou até 1A e 5M e só tirei porque já estava grávida de 5 meses! Ainda bem que logo eu poderei matar a saudade pois a minha segunda nasce dia 7 de março, e agora já estou mais “escolada” acredito que vai ser bem mais tranquilo.

Bjs.

  1. mayra disse:

fevereiro 14, 2011 às 5:47 pm  (Editar)

Mami, obrigada! Você é meu exemplo de mãe!!! Obrigada por tudo, te amo!

  1. mayra disse:

fevereiro 14, 2011 às 5:48 pm  (Editar)

Que bom poder ajudar Sueli! beijo e boa sorte com a bebê!

  1. mayra disse:

fevereiro 14, 2011 às 5:57 pm  (Editar)

Que legal sua experiência Inês! Adorei. beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 14, 2011 às 5:57 pm  (Editar)

Que legal Bárbara, obrigada! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 14, 2011 às 5:58 pm  (Editar)

Que delícia Thamara, vamos ver se eu também consigo chegar lá! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 14, 2011 às 5:58 pm  (Editar)

Que bom Kaci, fico feliz! Espero que ajude alguém! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 14, 2011 às 5:59 pm  (Editar)

Que bom Aline, fico feliz! beijo,

  1. Lolô disse:

fevereiro 14, 2011 às 6:15 pm  (Editar)

Mayra! Amei o post, assino embaixo em todas as dicas da amamentação, acredito que tenhamos um jeito parecido de pensar e criar, por isso sou fã do teu blog! Passo pra me inspirar, afinal sou mãe de dois e quero quatro.
Só um detalhe sobre a amamentação, nas duas experiências doeu um pouco no começo, mas não tive rechaduras e o excesso eu tirava no banho e bastava. Felizmente pra mim foi bem natural, sem traumas. Mas sei que isso não é o comum.
Beijos e parabéns!
Ahh! Guria, o Francisco tem cabelo arrepiado! A-D-O-R-O! É muito charmoso!

  1. mayra disse:

fevereiro 16, 2011 às 11:18 am  (Editar)

Oi Lolô, fico feliz que goste do blog! Conte mais sobre seus pequenos!
Estou amando o cabelo arrepiado do Francisco também!
beijos,

  1. Roberta disse:

fevereiro 16, 2011 às 11:59 pm  (Editar)

Oi Mayra!! Que bebe mais lindo!!!

Concordo muito com voce a respeito da amamentação… Eu fui muito persistente, pq eu senti muita dor.. Mas nao me arrependo de jeito nenhum!! Meu filho mama até hj, ele tem 7 meses…

bjao e parabens pelo Francisco!!

  1. mayra disse:

fevereiro 17, 2011 às 11:28 pm  (Editar)

Obrigada Roberta, estou babando também!

  1. Ana disse:

abril 11, 2011 às 1:46 pm  (Editar)

Ola gostaria de dizer que algumas recomendacoes variam de um pediatra para outro e que o leite e o mesmo do inicio ao fim da mamada portanto da para dar um seio em cada mamada sem problema e sem perigo do leite ser mais aguado ou mais gorduroso.

Lindo seus filhos, Parabens!!!

  1. mayra disse:

abril 12, 2011 às 10:54 pm  (Editar)

Pois é Ana, sempre melhor ouvir o pediatra. Boa sorte. beijo,


Comentários :

Comente

Hormônios aos 6 anos? (Rs)

Por: Mayra A.

Pedro, meu filho de 6 anos, estava assistindo um clipe de música que acabou num beijo. Veio a pergunta para o André, meu marido:

– “Pai, por que quando eu vejo uma cena de beijo meu pirulito fica todo animado?”

O André respondeu:

– “São os hormônios”.

Passa-se alguns dias e o Pedro faz xixi pra fora da privada. Eu reclamo com ele, dizendo que onde já se viu um menino de 6 anos não conseguir acertar a mira… E ele responde:

– “Mãe, ficou difícil de mirar por causa dos hormônios…”

Ai, ai, ai, eu mereço.

Obs.: Estou preparando um post sobre amamentação que entra ainda esta semana e o Francisco está ótimo! Fui no pediatra e ele ganhou parabéns!

10 Comentários para “Hormônios aos 6 anos? (Rs)”

  1. Juliana disse:

fevereiro 8, 2011 às 9:20 pm  (Editar)

Hahahahaah o pedro é muito engraçado, uma gracinha. Seus filhos são tão lindos!

  1. Sueli Miranda disse:

fevereiro 8, 2011 às 9:33 pm  (Editar)

Nossa Mayra, eu também fico encucada com o meu menino… ele tem apenas 1 ano e oito meses, e desde 1 ano ele não pode ficar pelado que fica esfregando o “pipi” em tudo!

Eu penso, que deve ser porque ele está começando a ter sensibilidade na região, então acho que já posso começar o desfraldamento.

Parabéns mais uma vez pelo Francisco e pela família linda!

  1. mayra disse:

fevereiro 8, 2011 às 9:53 pm  (Editar)

Obrigada Juliana e Sueli! Filhos são diversão garantida!

  1. Alexandra disse:

fevereiro 8, 2011 às 10:37 pm  (Editar)

Oi Mayra,

KKKKKKKKKKKK…..uqe divertido,fico pensando o que meu menino vai me perguntar,qdo começar a falar mais!!!Adorei a resposta dele.Mayra tenho uma dúvida,como foi o processo da retirada da fralda,é sempre bom ter conselho,estarei na espera!!!

bjos

  1. mayra disse:

fevereiro 9, 2011 às 12:18 am  (Editar)

Oi Alexandra, tirei a fralda do Pedro com 2 anos e 2 meses quando passamos uma semana na praia, era verão e foi tranquilo… Já a fralda da noite dele demorou muitooooooo! Consegui tirar com quase 4 anos.
a da Julia ela mesma pediu pra tirar com 1 ano e 10 meses e tbem foi tranquilo, tiramos a do dia e da noite na mesma semana.
Sugiro esperar p tirar no verão.
beijo,

  1. Tweets that mention BEBE.COM.BR Mãe de três » Blog Archive » Hormônios aos 6 anos? (Rs) — Topsy.com disse:

fevereiro 9, 2011 às 4:39 pm  (Editar)

[…] This post was mentioned on Twitter by Alinne, Site do bebê. Site do bebê said: Hormônios aos 6 anos? http://j.mp/h9JTjL […]

  1. Lolô disse:

fevereiro 9, 2011 às 5:43 pm  (Editar)

Muitos risos! Essa foi demais! Ai, ai, o que me espera com meu menino…Do jeito que ele é engraçado vai soltar várias dessas também.
A propósito, tem 2a2m e estamos no desfralde, aos poucos. Continua escapando às vezes, mas pede várias vezes também. Tem que ter paciência. A da noite nem passa pela minha cabeça(e na dele tampouco!).
Beijos e ansiosa pra saber sobre a amamentação do Francisco!

  1. Aline (mãe de dois) disse:

fevereiro 10, 2011 às 8:34 pm  (Editar)

ahahahahaha
O meu menino (8 anos) fala que o pipi está dormindo. Pq qdo ele dorme o pipi fica duro e pra cima… Tenho até medo da adolecencia…
Bjs e parabéns a Grande Família
Aline

  1. mayra disse:

fevereiro 11, 2011 às 4:04 pm  (Editar)

hahahaha Aline, está é boa, pipi dormindo! Eles são umas figuras! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 11, 2011 às 4:05 pm  (Editar)

Lolô fralda da noite em menino melhor esperar mesmo! Eles fazem muitooooo xixi a noite! O meu tirou com quase 4!
beijo,


Comentários :

Comente

Primeiro dia em casa = Cólica!

Por: Mayra A.

Deve ser mesmo muito fácil ser babá do berçário do hospital! Os nenéns passam os dias lá mudos e parece que ‘acordam’ quando chegam em casa!

O Francisco dormiu sem parar o tempo todo na maternidade. Cansa, é claro, amamentar de três em três horas durante o dia e a noite, mas este foi todo o trabalho que ele deu. Não ouvi nem a voz dele!

Ao chegar em casa, ele também passou o dia todo mamando e dormindo, mas despertou as 11 da noite e só dormiu de novo as 4 da manhã! Tadinho, chorou, baixinho, de dorzinha de cólica.

Ele é muito bonzinho. O chorinho dele é calmo. Eu fiquei encanada pois não sabia com certeza se era cólica ou fome. Quando o bebê não está feliz a gente sempre se pergunta se está com fome, né?

Bom, minha santa mãe (apelidei ela de mommy-nurse, ou seja, mamãe enfermeira) está aqui em casa com a gente desde que cheguei da maternidade. Ela tem MUITO jeito com bebês. Está dormindo no quarto do Francisco e me ajudando muito! Que pique que ela tem! Durante o ‘ baile’  que o Francisco deu na gente nesta primeira noite ela segurou um rojão!

Bom, no dia seguinte, estávamos viradas e fomos direto ao pediatra pra pesar o Francisco e descobrir se ele estava engordando, se o choro era fome ou cólica mesmo.

Era cólica. Segundo o médico ele está engordando super bem. Ufaaaa! Amo amamentar. Não queria ter que completar desde já e correr o risco dele gostar mais da mamadeira!

O médico receitou um remedinho e nas últimas duas noites ele não teve mais cólicas. Como já sabemos, os filhos sempre nos pregam peças. Então melhor não comemorar!

 

15 Comentários para “Primeiro dia em casa = Cólica!”

  1. Michelly disse:

fevereiro 4, 2011 às 6:16 pm  (Editar)

Aí Mayra que fofo! É tão bom ter bebe novo em casa
Claro que tirando as noites em claro… Mais isso faz parte neah… E o que seria de nós sem as nossa mães né

Bjão Parabéns o Francisco é um lindo que enorme ele é!!!

  1. Alexandra disse:

fevereiro 4, 2011 às 10:51 pm  (Editar)

Oi Mayra,

Nenê em casa é uma delícia,é uma obra de Deus.Cólicas são terríveis,eu também sofri,pois a minha menina chorava muito,mas o meu menino tadinho,ficava se contorcendo,mas não chorava,a minha menina só se acalmava,qdo colocava ela no peito e junto da minha barriga.Que bom que vc tem a sua mãe,nos acalma e nos conforta né!!!

bjos

  1. Tatiane Holiver disse:

fevereiro 6, 2011 às 3:18 pm  (Editar)

Olá Mayra…

Nada como a volta ao lar doce lar, não é?
A minha bebê tbm teve cólicas, mas pouco(ainda bem).
Que bom que vc está amamentando, o Francisco já é grandão vai ficar enorme, com aquelas coxas gordinhas que dá vontade de morder rsrs.
E os seus outros dois filhos como estão? E o marido babando muito no bebê?
Eu não tive ninguém para me ajudar em casa, fiquei só contando com a ajuda do marido.
Beijos…

  1. Roberta disse:

fevereiro 7, 2011 às 11:46 am  (Editar)

Que bom que o Antonio é bonzinho!!
Nossa, me passa um filme na cabeça das noites em claro q passei,mas ao mesmo tempo me da saudade.
Tomara q a colica de um tempo né!!

Tudo de bom e continue nos contando!!
Adooooro!!

Bjss

  1. Roberta disse:

fevereiro 7, 2011 às 12:09 pm  (Editar)

* DESCULPE CONFUNDI NÃO É ANTONIO E SIM FRANCISCO!!
dESCUPLE FRANCISCO!! RSRSRSR

  1. Katia Beatriz disse:

fevereiro 7, 2011 às 2:44 pm  (Editar)

Ah que ansiedade que estou para trazer a minha bebe para casa, mas ainda estou de 36 semanas,e realmente os bebes não dão trabalho no hospital, Mayra passa-me o nome desse remedio da colica, por que a gente sempre precisa.

  1. Fernanda disse:

fevereiro 8, 2011 às 8:23 pm  (Editar)

…esse remedinho deve ser tudo de bom, já tentei homeopatia mas nao melhorou! passa o nome ok!

  1. Sueli Miranda disse:

fevereiro 8, 2011 às 9:17 pm  (Editar)

Ah! Roberta, você também acompanha o blog da Maria Dolores! rsss

Mayra, não fique com ciúmes, seu blog é maravilhoso, mas a Dolores chegou primeiro…

Ao acompanhar seu blog fico ansiosa pela chegada da minha pequena! Se tudo correr bem ela estará entre nós no dia 07/03!
Um grande abraço e muita sorte com o pequeno Francisco que é lindo!

  1. mayra disse:

fevereiro 8, 2011 às 9:51 pm  (Editar)

Alexandra, minha mãe tá quebrando um galho! Pena que ela vai embora esta semana… pra casinha dela, mas é perto!

  1. mayra disse:

fevereiro 8, 2011 às 9:52 pm  (Editar)

Tatiane, as crianças estão bem, mas a Julia dando trabalho, super chorona, mas dentro do esperado. Os dois super carinhosos com o bebê.
beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 8, 2011 às 9:53 pm  (Editar)

Katia e Fernanda, o remédio é o Mylicon, estou adorando! Mas falem com seus pediatras antes por favor! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 8, 2011 às 9:53 pm  (Editar)

Obrigada Sueli! beijos,

  1. ALDENICE disse:

fevereiro 14, 2011 às 2:20 pm  (Editar)

BOM DIA MAYARA , JÁ PASSEI POR TUDO ISSO Q VC PASSOU , QUANDO MINHA FILHA NASCEU DEPOIS Q CHEGAMOS DA MATERNIDADE , DEPOIS DE ALGUMAS SEMANAS ELA CHORAVA MUITO COM CÓLICAS É ORÍVEL , MAS GRAÇAS A DEUS ISSO PASSA , A RESPEITO DA AJUDA É MUITO IMPORTANTE QUANDO ALÍCIA NASCEU, EU TIVE AJUDA DA MINHA MÃE E DAS MINHAS IRMÃES , PASSEI 2 MESES DA CASA DA MINHA MÃE , QUANDO FUI EMBORA PARA MINHA CASA, FICAMOS NA SOLIDÃO SÓ EU E ELA ( ALÍCIA ) MAS FOI BOM PARA A MINHA EXPERIÊNCIA COMO MÃE SABER LIDAR E RESOLVER OS PROBLEMAS Q PODERIAM SURGIR. A MINHA FILHA TEM 1 ANO E 3 MESES ELA AINDA MAMA ( ADORO DAR DE MAMAR TAMBÉM É MUITO GRATIFICANTE. UM ABRAÇO.

  1. mayra disse:

fevereiro 14, 2011 às 5:57 pm  (Editar)

Aldenice, muito bom contar com nossas mães né? Temos que aproveitar! beijo,

  1. Dart disse:

março 4, 2011 às 1:03 am  (Editar)

Pensei que o bebê tinha cólica só a partir de 3 meses! Pelo menos, foi o que o pediatra me disse. Minha filha mais velha quase não teve, meu bebê está com 4 meses e não tem. O que ele tinha no início eram gases, eu fazia massagem e ele melhorava. Você já deve ter feito isso, impulsionar as perninhas, dobrando os joelhos em direção à barriguinha, sempre dá certo. Ou colocar o bebê de bruços nos seus braços, fazendo movimentos circulares na barriguinha, acalma e alivia, além de ajudar o bebê a soltar os gases.


Comentários :

Comente

Parto do Francisco: induzindo o parto normal 2

Por: Mayra A.

No dia 28 de janeiro, começamos a induzir às 9 horas.

Foi tudo bem devagar… às 12 horas eu estava com um dedo de dilatação (para nascer precisa de cinco dedos – ou 10 centímetros) e a minha médica furou a minha bolsa com um instrumento que parecia uma agulha de crochê gigante. Essa eu já conhecia, pois usamos também pra furar a bolsa quando o Pedro nasceu. Dói, mas por uma boa causa.

Tomei anestesia e aos poucos o colo do útero foi dilatando. Quando chegou em três dedos – ou seis centímetros – paramos de fazer progressos. Senti que meu marido e toda a minha família queria que eu fizesse logo uma cesárea, mas eu não queria de jeito nenhum. Quer dizer, claro que se o Francisco ou eu estivéssemos passando mal, e fosse uma recomendação médica, eu não iria discutir… Mas fazer uma cesárea depois de dois partos normais por conveniência eu não ia topar. O coraçãozinho do Francisco se manteve em 150 bpm durante todo o processo de indução. Portanto, estávamos tranquilos. A hipótese de ele estar enrolado no cordão foi descartada por causa disso.

Eu lembro que, nos meus outros partos, quando chegava a hora de empurrar eu ia muito bem! Então, sugeri para uma das obstetrizes que me acompanharam durante o trabalho de parto (e que trabalho!) que, quando a anestesia fosse ficando mais fraca, ao invés de darmos uma nova “carga” imediatamente, que esperássemos um pouco para que, sentindo as contrações, eu pudesse dar uma “empurradinha” pra ver se terminava de dilatar. E foi o que fizemos. Eu estava ligada no cardiotoco – um aparelho que mede as contrações e os batimentos do bebê – e com contrações a cada quatro minutos mais ou menos. Quando a anestesia foi ficando mais fraca as contrações aumentaram muito, para uma a cada dois minutos e duravam muito mais tempo… Eu comecei a fazer uma forcinha junto com as contrações e fui sentindo ele descer mais um pouquinho.

O que eu não me liguei era que de uma hora pra outra eu ficaria completamente sem anestesia! Imagina só: seis centímetros de dilatação, bolsa rompida, ocitocina na veia e contrações fortes a cada dois minutos! Eu comecei a gritar pelo anestesista, que demorou 10 minutos pra chegar: os 10 minutos mais longos da minha vida! Me disseram que eu disse palavrões desconhecidos, mas eu simplesmente lembro apenas de dizer pra obstetriz: “Desliga esta ocitocina!” e ela: “Querida, não é questão de desligar a ocitocina. Isso é um franco trabalho de parto e não dá pra desligar!” (rs)

Fiquei pensando em todas as mulheres que antigamente e até hoje tem filhos sem anestesia… Caramba, é de tirar o chapéu!

Anestesiada novamente e voltando a ficar levemente simpática, fui examinada e meu plano deu certo: dilatei até 10cm.

Esperamos a minha médica chegar e em quatro empurrões o meu bebê caçulinha, amado, maravilhoso e saudável nasceu!

Foi muito cansativo e também emocionante, amo você Francisco!

Outros posts:

« Agradecimento

Primeiro dia em casa = Cólica! »

43 Comentários para “Induzindo o parto normal: Parte 2”

  1. paula villac disse:

fevereiro 2, 2011 às 4:28 pm  (Editar)

mayra….
vc é guerreira!!parabéns!!!
bjs pra tds!!

  1. Kátia Bizan disse:

fevereiro 2, 2011 às 4:39 pm  (Editar)

Que lindo!! Lindo agora na hora de contar né? rs..rs.. Eu não consigo me imaginar sentindo dor, esperando anestesista, nenê que não sai logo…Pelo amor de Deus!! Que coragem!! Parabéns!!

Tive os três meus por cesárea… Não tenho essa coragem toda!!rs..rs..

Vai contando como vão indo as coisas!!

Eu estou na última semana de licença e volto na próxima segunda-feira dia 7… Minha pequenininha está indo na escolinha essa semana para adaptação dela e minha kkkkkkkkk… Não é fácil!!

Deus os abençoe com muita saúde e noites inteiras de sono em breve!! rs..rs..

Bjus!!

  1. Tatiana disse:

fevereiro 2, 2011 às 5:03 pm  (Editar)

Oi Mayra,

Tenho três filhas e todas foram partos normais.
Sou super defensora e tenho orgulho de não ter “sucumbido” a esta onda de cesáreas que rolam por aí. Parabéns para vc que também conseguiu.
A minha caçulinha tem 8 meses e foi a única que nasceu sem anestesia. Quando me lembro, ai, ai, me dá até um arrepio.
Fui querer dar uma de corajosa e não quis anestesia, quando pedi, já era tarde, ela estava nascendo. Fiz três forças e ela nasceu. Sabe aqueles partos de novela, que é uma gritaria só? Pois é, o meu foi assim, porque, sem anestesia é dose pra leão mesmo!!!!
Abraço e parabéns!

  1. Marcia disse:

fevereiro 2, 2011 às 5:29 pm  (Editar)

Nossa, que bom que vocês conseguiram da melhor maneira, que vc tinha uma equpe q te respeitou nesse momento. Parabéns. Bjs para os dois vencedores.

  1. Ana Cristina Mazzali Stauch disse:

fevereiro 2, 2011 às 5:33 pm  (Editar)

Emocionante! Parabéns Mayra! Você tem uma força de vontade de se invejar e tenho certeza de que cada dor sentida, foi recompensada com a saúde de seu Francisco!
Beijos! Cris

  1. Tatiane Holiver disse:

fevereiro 2, 2011 às 6:29 pm  (Editar)

Nossa Mayra parabéns pela coragem, eu não teria, pediria logo uma cesárea.
O Francisco é um bebêzão, lindo.
A minha mãe sempre me disse que parto normal é uma dor imensa e por conta disto eu sempre tive muito medo, os meus dois filhos foram cesárea.
Como está sendo a amamentação? Tbm é um momento lindo entre mãe e filho mas muito doloroso no começo.
Nos conte assim que tiver tempo…
Beijos mil

  1. Elaine Medeiros disse:

fevereiro 2, 2011 às 7:01 pm  (Editar)

Oi; sei bem do que vc está falando, tive minhas duas filhas de parto normal sem anestesia, e estou me preparando para “receber” minha caçulinha: Emanuele, dá mesma forma.Acho melhor assim, pois sentindo as contrações posso ajudar o parto a andar mais rápido. dizem que quando o parto é induzido a oxitocina faz cm que as dores sejam mais fortes, não sei se é verdade mas senti a diferença, porque minha primeira foi por indução e realmente doeu muito mais que a segunda vez.
De qualquer forma parabéns pela coragem e felicidades para você e o Francisco

  1. Aline disse:

fevereiro 2, 2011 às 8:17 pm  (Editar)

Adoro saber historias de parto.moro em israel e aqui egito diferente.passei por dois partos aqui e um deles Nao deu nem tempo de anestesia rs agora posso rir rs pq na hora eu gritava socorrrro remédio claro q ninguém me entendia rs

  1. Tweets that mention BEBE.COM.BR Mãe de três » Blog Archive » Induzindo o parto normal: Parte 2 — Topsy.com disse:

fevereiro 2, 2011 às 8:21 pm  (Editar)

[…] This post was mentioned on Twitter by Regina Rizzo, Site do bebê. Site do bebê said: Nossa blogueira Mayra conta como foi o parto de Francisco http://abr.io/Lza […]

  1. Vanessa Lucas disse:

fevereiro 2, 2011 às 10:48 pm  (Editar)

Parabéns pela linda historia de parto normal! O meu primeiro o medico plantonista me convenceu a fazer cesaria eu ate queria normal mais não tinha dilatação e nem paciencia para esperar ela chegar rsrsr E no do Matheus eu ja tinha agendado a cesaria porem a bolsa estourou um dia antes e ai fomos pro hospital com apenas 1 dedo e meio de dilatação logo meu medico chegou e ai rolou a cesaria e eu sai linda e tranquila da sala de parto com meu marido filmando tdo rsrs

E por favor não nos abandone continue contando essa maravilhosa experiencia de ser mãe de 3!

Ahh ainda amamento meu bb de 1 ano e 2 meses e vc como esta amamentação?

  1. Rute disse:

fevereiro 3, 2011 às 9:27 am  (Editar)

Nossa que coragem, meus parabéns, tive meu 1° filho de cesaria
e estou no 5°mês de gestação e pensando muito se tenho essa coragem toda de ter um parto normal, todos dizem que é melhor mas o medo é muito grande eu tenho pavor de sentir dor.Tenho muitas dúvidas até lá eu decido.Saúde pra vc e pro seu filho.

  1. Vivian disse:

fevereiro 3, 2011 às 9:56 am  (Editar)

Ai que Lindo!!!!!!!!!
Acredita que eu chorei de emoção???
Eu sou assim mesmo: Adoro finais felizes!!!
Parabéns! que Deus abençoe grandemente seu bebê com muita saude.
Parabéns Garota! você foi incrivel!
Boa sorte…

  1. ROSANA PADOVAM disse:

fevereiro 3, 2011 às 10:01 am  (Editar)

PARABÉNS PELA SUA CORAGEM,E PELO SEU LINDO BEBÊ!!!!!

  1. Aline (mãe de dois) disse:

fevereiro 3, 2011 às 10:34 am  (Editar)

Parabéns por tudo, Mayra. Passei pelos dois tipos de parto e posso afirmar: normal é mto melhor, gratificante… O primeiro foi normal e sem anestesia (pq não deu tempo), o bebe nasceu super rápido, e eu não achei assim que tenha doído tanto… Já na segunda, tive que induzir e a pequena entrou em sofrimento, aí cesárea de emergencia, afff, deu tudo certo, graças a Deus, mas na recuperação eu achei bem chato…
Parabéns pela historia, um exemplo para gestantes que te acompanham… A natureza cuida de tudo´e é perfeita…
Aline

  1. Roberta disse:

fevereiro 3, 2011 às 11:35 am  (Editar)

Prabéns,
Omeu parto normal foi do comwço ao fim s/ anestesia,pois fiz no pelo Sus e eles não te dão esse ireito de escolher não!!

Bjss sáude e muito leite!!

  1. Mariana disse:

fevereiro 3, 2011 às 11:38 am  (Editar)

Oi, parabéns pela chegada do seu bebê, muitas felicidades.
Na minha opinião cada mulher escolhe o parto que lhe convém, vc foi corajosa e forte e sabia até onde conseguiria aguentar, agora ter um parto cesárea não quer dizer que o parto deixe de ser emocionante ou a mulher deixe de ser forte pq tbm é cansativo e o pós parto é bem dolorido. Não é qualquer Médico que ficaria 36 horas esperando um trabalho de parto.
Eu acho que se a mulher tem condições de ter um filho de parto normal ótimo mas se não tem e tendo a opção de fazer uma cesárea pq não???
Beijos…

  1. Tatiane disse:

fevereiro 3, 2011 às 11:45 am  (Editar)

Mayra, meus parabéns. Tb quero muito o parto normal, mas meu novo médico é louco por cesaria, vou tentar convence-lo a me acompanhar nessa jornada, espero ter a mesma força q vc.
Boa sorte nesta nova etapa.

  1. Rafaela disse:

fevereiro 3, 2011 às 1:26 pm  (Editar)

Nossa parabéns, emocionante a sua história. Sou de Sorocaba/Sp, estou grávida de 19 semanas, estou me sentindo um pouco insegura um certo medo em relação ao parto, é a minha primeira gestação estou a espera de um MENINO
(Eduardo),estava lendo o seu comentário e acho que o parto normal não é um bicho de sete cabeças, aliás é o melhor ou seja natural na hora de vc sentir o seu amor eterno saindo, me senti um pouco segura ao ler, dor agente suporta e ainda mais por um anjo. Parabéns, felicidades pra você e sua família.

  1. Katia disse:

fevereiro 3, 2011 às 1:41 pm  (Editar)

Parabéns Mayra,eu tenho um filho de sete anos, e o ganhei normal e sem anestesia,isso tudo com 16 anos.Hoje estou grávida do meu segundo e será uma menina,quero o parto normal, mas queria muito saber de vc, se é verdade a historia que dor de menina é diferente de menino.Que Deus abençoe toda a sua família.

  1. Vanessa Braga disse:

fevereiro 3, 2011 às 4:06 pm  (Editar)

Oi Mayra!
Parabéns pelo seu filho e pela coragem de ser mãe de 3,rs!
Tive a Laís de parto normal e sem anestesia.Gritava q nem uma doida, mas não aplicaram nenhuma gota sequer de anestesia em mim, rolava apenas a ocitocina correndo solta pela minha veia. Ainda bem q td demorou umas 7 horas só, + foram 7 horas de dores terríveis. Ainda sim pretendo ter outra filha de parto normal, mas só se a minha médica garantir, assinar um contrato de q eu vou tomar anestesia,rs!Por falar nisso, a partir de q momento vc começou a tomar anestesia?Tenho essa dúvida, se puder responder agradeço.
Mts felicidades e q Deus lhes abençoe!

  1. Anna Lourdes Costa disse:

fevereiro 3, 2011 às 4:40 pm  (Editar)

Realmente colega vc foi muito forte, e parabéns por ter dado tudo certo e o bebê nasceu com saúde e vc ter ficado bem. Que Deus esteja com vocês.

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:07 pm  (Editar)

Socorro Tatiana, não posso nem imaginar!
beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:08 pm  (Editar)

Sim Ana Cristina! Ficamos muito felizes e a dor já esqueci!

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:08 pm  (Editar)

Oi Tatiane, eu amo amamentar e está indo super bem! Depois escrevo pra contar melhor! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:09 pm  (Editar)

Oi Vanessa, vou escrever logo sobre a amamentação, mas está indo super bem! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:09 pm  (Editar)

Obrigada pela força Vivian! beijos,

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:10 pm  (Editar)

Rute, a dor a gente esquece!!! Na verdade o parto normal com anestesia não dói não! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:12 pm  (Editar)

Obrigada Aline! Eu tentei de tudo pra não ter que passar pelo pós-parto da cesárea, mas se o bebê estivesse sofrendo ia ser imediatamente! Tudo por eles, né??? beijo pros seus dois!

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:13 pm  (Editar)

Nossa Roberta, deve ter doído! Mas a gente esquece, né? beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:13 pm  (Editar)

Sim Mariana, a decisão sempre é de cada uma! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:15 pm  (Editar)

Boa sorte Tatiane, sugiro vc conversar com seu médico sobre ter uma obstetriz te acompanhando durante o trabalho de parto pois os médicos tem muitas consultas marcadas e normalmente não podem ficar tanto tempo esperando, eles chegam só pra hora do parto mesmo… beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:16 pm  (Editar)

Rafaela, quando eu estava grávida do meu 1o filho assisti todos os programas de parto que consegui. É um momento que gera ansiedade sim… mas veja, todas as pessoas e animais que existem nasceram!!! rsrsrsrs
Não é mesmo nenhum bicho de 7 cabeças! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:17 pm  (Editar)

Katia, acho que dor é dor… independente do sexo! Boa sorte com o parto! beijo,

  1. mayra disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:20 pm  (Editar)

Vanessa, tomei anestesia nos seguintes momentos:
– Pedro – com 2 cm, depois que a médica estourou a bolsa
– Julia – com 4 cm (a bolsa estourou sozinha logo em seguida da anestesia)
– Francisco – com 2 cm, depois que a médica estourou a bolsa
Boa sorte!

  1. Roberta disse:

fevereiro 3, 2011 às 5:31 pm  (Editar)

Esquecer… até esquecemos a dor…
Mas encarar outro,teria que pensar um pouco,pois depois os pontos tmb são muito encomodos!!
Mas é td por uma boa causa!!

Boa recuperação e continue nos escrevendo!!

  1. fernanda disse:

fevereiro 3, 2011 às 7:14 pm  (Editar)

que coragem!meus parabens!eu nao tenho nao vou ficar na cezaria!
bjusss

  1. felicia disse:

fevereiro 3, 2011 às 7:16 pm  (Editar)

parabens pelo o seu filhinho,estou no quinto mes de gestaçao do meu segundo filho,o primeiro parto foi muito bom quase nao senti dor,mas confesso que estou um pouquinho apreensiva dessa vez,espero ter sua coragem.beijos

  1. Val disse:

fevereiro 3, 2011 às 11:43 pm  (Editar)

Não vejo nda demais em sofrer tanto para ter um filho.Fiz cesárea e achei ótimo!Recomendo à todas as mulheres.

  1. mayra disse:

fevereiro 4, 2011 às 7:58 pm  (Editar)

Val, adorei sua sinceridade! Cada uma sabe o que prefere né? Beijo

  1. carla disse:

fevereiro 21, 2011 às 2:55 pm  (Editar)

Eu tive minha nenê sem ne-nhu-ma anestesia, foi teenso suiahsuhahuishasa
também tava com vontade de xingar todo mundo.
parabéns pelo bebê!

  1. mayra disse:

fevereiro 22, 2011 às 1:46 pm  (Editar)

Nossa Carla, nem posso imaginar! beijo,

  1. Sâmia disse:

maio 8, 2011 às 1:29 am  (Editar)

Apesar dos pesares, parto normal é tudo de bom! Tive o meu aos 29 anos e SEM anestesia! Queria passar pela experiência que minha mãe, e outras tantas, tiveram que passar por falta de opção. No meu caso, eu tinha a opção de não sentir dor alguma, sim! Mas sempre acreditei na letra de uma música que diz: “Mãe que é mãe, no parto sente dor”! Não querendo desmerecer as mães que optaram por cesariana ou normal com anestesia, mas o parto normal é a “primeira batalha” que mãe e filho enfrentam JUNTOS, onde ambos participam e cooperam em cada uma das fases do parto. A mãe ajuda empurrando na hora da contração forte, e o filho ajuda também, pois ele faz força junto, procurando o melhor meio de sair logo daquele lugar que de repente ficou tão apertado para ele!
A quem me perguntar, irei responder sempre: parto normal sim!!! Sem arrependimento algum!
Beijos pra vc, Mayra! Boa sorte com o seu caçulinha…

  1. mayra disse:

maio 10, 2011 às 2:12 am  (Editar)

Obrigada Sâmia. Parabéns pela coragem. beijo,


Comentários :2

Comente