Arquivos da categoria: Blog

Gibi de receitas #segundinhasemcarne

Por: Mayra A.

“Segundinha Sem Carne” surgiu com o intuito de ajudar as crianças a se alimentarem com mais saúde e consciência, e a aprenderem os impactos que a nossa comida traz. Uma alimentação centrada em vegetais contribui para a preservação do meio ambiente e favorece a prevenção de doenças crônicas e degenerativas como hipertensão arterial, obesidade, doenças cardiovas-culares, diabetes e diversos tipos de câncer. Por apresentar tantos benefícios, dietas sem carne são recomendadas pela American Dietetic Association, American Institute for Cancer Research, American Heart Association e outras renomadas instituições de saúde em todo o mundo.
Por tudo isso, a Sociedade Vegetariana Brasileira em parceria com Mayra Abbondanza, adaptou o movimento original para uma versão que ficou a carinha dos nossos pequenos. Tiago Soarez é o responsável pela arte do gibi e a Amil ofereceu apoio ao lançamento.

Para baixar e imprimir a versão online clique aqui 🙂

Bom apetite!
#segundinhasemcarne #porumageracaomaissaudavel #pequenosnacozinha

Promo Site


Comentários :

Comente

Gibi de receitas vol.2

Por: Mayra A.

Saiu do forno o nosso Gibi de Receitas ‪#‎porumageracaomaissaudavel‬ n.2 com novas receitas e diversos conceitos de educação alimentar, ensinados de maneira lúdica e divertida para revolucionar a maneira com que seu filho encara a alimentação…

Para comprar a versão impressa clique aqui
Para baixar e imprimir a versão online clique aqui

Divirtam-se!
#porumageracaomaissaudavel #pequenosnacozinha

13810_779729088786135_2523082220983562017_n

 

 

 

 

 

 


Comentários :1

Comente

O que beber?

Por: Equipe Mayra A.

Uma das dúvidas mais frequentes que escuto dos pais é sobre as bebidas vendidas no supermercado. Existem muitas opções… Suco natural, suco com açúcar, suco integral sem açúcar, néctar, bebida isotônica, chá, leite, água aromatizada, refrigerante, água de coco… O que afinal pode dar para as crianças?

A resposta é: com equilíbrio tudo pode!

Primeira coisa que eu gostaria de comentar é que a água infelizmente é pouquíssimo consumida pelas crianças e até pelos adultos. Por que não considerar mandar água no lanche, ou mesmo deixar a criança usar o bebedouro da escola? E no almoço? Por que não servir um prato balanceado com apenas água?

prato

E fruta? Por que será que os pequenos tem a maior dificuldade em comer frutas? Neste caso, será que os pais destes comem frutas?

Nada como ter uma fruteira cheia, perfumada e colorida a mão. Nossa sugestão é deixar as frutas sempre acessíveis, para que as crianças possam inclusive brincar, pois brincando se aprende.

Se as crianças tomassem mais água e comessem mais frutas provavelmente a indústria de sucos não teria tanto sucesso e este texto não faria sentido. Voltamos então ao velho discurso de educação alimentar e exemplo de hábitos saudáveis como solução de todos os problemas, o que seria hipócrita, considerando a rotina da nossa geração.

O que fazer então? Buscar o equilíbrio!

Tenha em mente que o ideal é beber água e comer frutas, orgânicas se possível. Água direto do coco também entra aqui, assim como o leite*.
Depois vem fazer um suco natural, chá natural ou água aromatizada em casa.
Depois comprar um suco natural pronto sem açúcar ou água de coco processada.
Depois o suco integral sem açúcar processado.
Por último vem os néctars, sucos e chás com açúcar, isotônicos e refrigerantes.

Já falamos aqui, que compartilhar refeições em família é a maneira mais poderosa de criar vínculos familiares, além de o único e mais forte fator apontado para atingir melhores notas e menos problemas de comportamento em crianças de todas as idades. Mais refeições em casa também geram menores índices de obesidade.

Perceba que mesmo os refrigerantes, últimos da lista, não precisam ser completamente proibidos. Uma coisa é incentivar o consumo, outra é banir completamente mesmo em situações festivas.
Lembrando que o maior legado que podemos deixar para nossos filhos é que compartilhar uma refeição em família é um PRAZER. Para isso, incentive o seu filho a ter uma alimentação saudável que permita alguns deslizes. Isso é humano 🙂

#porumageracaomaissaudavel #pequenosnacozinha

* Não estamos falando de crianças que ainda amamentam ou tem o leite como fonte exclusiva de alimentação.

Links relacionados:

Materia Folha de SP – 14/01/2015


Comentários :2

Comente

Livro Dia a dia com iogurte – 12/14

Por: Mayra A.

E o orgulho de ter uma receita neste livro, ao lado destes chefs maravilhosos???
Adoro e respeito muito o Dr. Mauro Fisberg, desde nosso trabalho em “Meu filho não come!” no programa Bem Estar, rede Globo. Mauro, parabéns!

Super indico o livro!

1234


Comentários :

Comente

Gibi de receitas #porumageracaomaissaudavel

Por: Mayra A.

Baixe e imprima nosso Gibi de receitas!

Queremos ver todos os pequenos na cozinha nessas férias, eles vão de deliciar com as receitinhas, pensadas especialmente para eles. Isso sem falar na linguagem lúdica, que transforma a atividade numa divertida aventura.

A idéia do Gibi #porumageracaomaissaudavel é adaptar o tradicional livro de culinária para a linguagem infantil, para incentivar as crianças a se envolverem ativamente no processo da alimentação, construindo bons hábitos alimentares desde a infância.

#pequenosnacozinha #porumageracaomaissaudavel

post


Comentários :6

Comente

Novos personagens :)

Por: Mayra A.

Em breve nossos personagens estarão cozinhando com vocês nas nossas Receitinhas animadas:)
O Tiago Soarez, criador do projeto Receitas Ilustradas, nos ajudou a criar o Pedro (10), Julia (8), Chico (3) e Felipe (1) para inspirar as famílias a cozinharem juntas!

#pequenosnacozinha #porumageracaomaissaudavel

post


Comentários :

Comente

Dia das crianças

Por: Equipe Mayra A.

Feliz dia das crianças com uma homenagem a todos que já cozinharam com a gente…
Manu e João do quadro “Meu filho não come” do Bem Estar, a todos os pequenos que participaram do Criança Esperança, aos que foram ao programa Papo de Mãe, aos pequenos do projeto de educação alimentar Escolinha Walita de Heliópolis, aos que foram conhecer a nossa casinha, aos que provaram os sucos da nossa Mini Banca, aos que participaram das nossas Oficinas de Frutas, aos que jogaram nossos jogos educativos, e para os meus filhos, que cozinham comigo todas as noites! Continuem nos acompanhando, teremos sempre novidades deliciosas para vocês! #porumageracaomaissaudavel #pequenosnacozinha

Click to play this Smilebox slideshow

Comentários :

Comente

Influenciado pela cor?

Por: Mayra A.

Você sabia que existe todo um estudo por trás da cor das embalagens dos produtos?
Adorei esta matéria que lí no TheKitchn e resolvi compartilhar com vocês aqui!

IMG_2302c

Os marketeiros e designers de embalagens sabem que a cor ajuda a influenciar as nossas escolhas alimentares. Conheça as mensagens que as cores transmitem:

Vermelho: “Sou apetitoso!”

Vermelho é usado universalmente no marketing alimentar. Vermelho é uma cor que chama a atenção, estimula a memória emocional e desperta fome. Vermelho está presente em um enorme número de embalagens de alimentos.

Amarelho: “Me coma e ficará feliz!”

Amarelo é outra cor muito comum no marketing alimentar. É considerada a cor mais “feliz” pois o nosso cérebro libera serotonina ao enxergá-la. Amarelo portanto é uma cor muito usada em marcas em geral, por conta da sensação de bem estar que é associada.

Verde: “Sou natural e saudável!”

Com a onda sustentável e ecológica atual, o verde passou a fazer parte de embalagens e rótulos com uma pegada mais saudável.

Laranja: “Me coma e ficará satisfeito!”

O laranja muitas vezes está associado a cor marrom no marketing alimentar para passar a mensagem de alimentos energéticos, que deixam as pessoas satisfeitas.

Azul: “Você não irá me esquecer!”

Apesar de não existirem alimentos naturalmente azuis e a cor azul atuar no nosso cérebro como um redutor de apetie, existem diversos salgadinhos e biscoitos que usam a cor azul em suas embalagens, por ser uma cor primária que atrai as crianças.

Influenciado pela cor?

Até 90% das pessoas julga as embalagens dos alimentos pela cor, e isso influencia as suas escolhas. Agora que você já conhece as “táticas de marketing” fique atento aos seus primeiros reflexos e não escolha por impulso antes de ler os rótulos!

Um abraço e bom apetite 🙂

 


Comentários :

Comente